Scams de Bitcoin para ficar de olho.

Infelizmente, aqui na Coinmama, presenciamos muitas pessoas adquirindo Bitcoins (BTC) para descobrirem que foram vítimas de um golpe. Isso ocorre devido aos avanços da criptomoeda, que só possui dez anos de existência. Apesar disso, não devemos deixar que esses golpes afetem a legitimidade da cripto ou o seu poder positivo, pois acreditamos que o futuro do dinheiro é controlado pelas pessoas. No entanto, é desanimador o fato de que esses golpes desencorajam a aceitação geral da criptomoeda e colocam a dúvida se devemos ou não adquirir Bitcoins.

Então, como é que você pode manter o seu investimento seguro e garantir que, quando adquire BTC, permanece sob o seu controlo? Nesta análise, iremos considerar o porquê de a criptomoeda ser tão vulnerável a fraudes, quais são os principais esquemas fraudulentos que se encontram no mundo da criptografia e como pode evitar ser vítima deles.

Por que é comum encontrarmos tais golpes envolvendo Bitcoin?

Visto que a economia global sofreu um abalo em 2008, as pessoas começaram a procurar alternativas para os sistemas bancários centralizados. Isso levou ao desenvolvimento da criptomoeda Bitcoin (BTC) como uma moeda peer-to-peer que não era influenciada por fronteiras ou bancos. Como a descentralização e a falta de regulamentação significavam que as transações e mudanças do BTC aconteciam fora do mundo real, era possível comprá-lo de maneira anônima. Essa característica fez com que o Bitcoin fosse muito vulnerável a golpes desenfreados.

Esse anonimato relativo tornou a criptomoeda extremamente atraente para criminosos, pois era uma grande passagem para lavar dinheiro e comprar produtos na rede escura. Com o aumento da adoção do público em geral e das empresas, regulamentos foram impostos e a possibilidade de comprar criptomoeda de forma anônima foi bastante suprimida. Atualmente, é praticamente impossível comprar BTC de forma não identificada, o que é uma boa coisa. O cripto está sendo amplamente adotado por governos, pessoas e corporações, à medida que mais pessoas reconhecem o valor da blockchain. No entanto, mesmo não sendo mais possível comprar o BTC de forma anônima, depois de obtê-lo, você ainda p

Como conseqüência, apesar das disposições estabelecidas e da legitimidade da moeda virtual, ela ainda se tornou uma preferência entre criminosos. Porém, isso não é a única explicação para os golpes Bitcoin serem tão frequentes. Outros motivos são mais relacionados à natureza humana:

Muitos acreditam na ciência.

Existe uma antiga piada que diz que “gullible” não consta no dicionário. Isso ocorre pois é comum as pessoas serem confiáveis. Elas tendem a acreditar nas outras pessoas e que existe algo de bom na humanidade. Quando alguém lhes oferece uma chance ou ajuda, há uma tendência a acreditar no que é dito.

Vai gostar:   A Nasdaq está preparada para oferecer serviços de custódia de criptomoedas.

Muitos desejam uma solução rápida para tudo, mas a realidade é diferente.

As pessoas sempre sonharam em ganhar dinheiro rápido. É por isso que somos tão propensos a acreditar em qualquer esquema que seja exposto. Afinal, e se for real e acabamos perdendo nossa chance? Na verdade, parte do motivo pela qual o Bitcoin subiu tão velozmente no fim de 2017 foi porque parecia ser uma oportunidade de obtenção de dinheiro fácil. Mas esse aumento foi parcialmente motivado pelo hype, e fraudadores estão aproveitando a presunção e a promessa de lucro fácil, atraindo pessoas que querem acreditar.

As pessoas às vezes depositam fé em coisas que não conseguem compreender.

O sistema no qual as criptomoedas estão baseadas não é apenas inovador, é extremamente complexo. A tecnologia Blockchain, o processo de mineração de Bitcoin e as carteiras de criptomoeda são difíceis de entender, e a maioria das pessoas não se dá ao trabalho de aprender sobre elas. Em vez disso, elas acreditam nas outras pessoas quando essas as explicam (porque elas têm confiança) e esperam que isso as leve ao lucro rapidamente (porque querem obter resultados sem muito esforço).

Aonde nós nos encontramos com as ideias supra? Uma moeda que não é totalmente entendida por muitos, e que vem com a promessa (por vezes enganosa) de riqueza rápida, deixa a maioria das pessoas inclinadas a se esquecer de suas dúvidas e acreditar nos golpistas que as fazem promessas de enriquecimento.

Os golpes de Bitcoin que observamos com maior frequência são esquemas de investimento fraudulentos.

Agora que você está ciente dos golpes Bitcoin que existem, quais deles deve ter em consideração ao comprar, enviar ou transacionar BTC? Abaixo estão alguns dos golpes mais comuns a serem encontrados na Coinmama:

Imagem:
chsyys/FreeImages

Um operador ou comerciante fraudulento (ou falso investimento Bitcoin / consultor financeiro) se passa por um especialista em finanças, mas na verdade não tem qualquer experiência nesta área. Eles oferecem serviços não regulamentados e não existe qualquer garantia de que os investimentos sejam seguros.

  • Neste esquema, uma pessoa se passa por um conselheiro financeiro cripto ou um corretor, oferecendo para negociar suas moedas cripto para obter melhores resultados. É quase como os investimentos que você faz no mundo não criptográfico, como fundos de pensão ou 401K. Você transfere sua criptomoeda para alguém ou coloca-a em uma carteira que ambos possam acessar, e eles compram e negociam criptomoeda em seu nome.
  • O que acontece é que o corretor ou investidor, normalmente, não é de confiança. Em vez disso, você vai acabar enviando seu Bitcoin para alguém, muitas vezes várias centenas ou milhares de dólares por várias semanas ou meses, e, eventualmente, eles vão desaparecer com seu dinheiro. Alguns casos, o corretor ou investidor vai jogar o jogo de longo prazo, como recentemente ocorreu na Austrália, até mesmo indo tão longe a ponto de dar-lhe alguns ganhos antes de desaparecer com suas moedas.
  • Preste atenção: seja cauteloso a quem pedir para você enviar criptomoeda com a promessa de investir e negociar para obter lucro em troca. Isto é particularmente válido para aqueles que prometem retornos elevados e quase impossíveis de serem acreditados, mas também se aplica a retornos moderados. É importante ter em mente que, uma vez que você enviar suas criptomoeda, elas não poderão mais ser recuperadas. Da mesma forma, se alguém oferecer para configurar uma carteira para você ou compartilhar chaves privadas, esteja ciente de que essa pessoa terá acesso a todas as suas criptomoedas. Configure sempre sua própria carteira criptomoeda e não compartilhe suas chaves privadas com n
Vai gostar:   O valor do ouro alcançou um nível elevado - é possível ainda adquirir.

Qual é o golpe: A pessoa que você está lidando como um corretor ou investidor muitas vezes não é legítima. Ao invés disso, você pode acabar enviando seu Bitcoin para alguém, às vezes vários milhares de dólares ao longo de semanas ou meses, e eles eventualmente vão fugir com seu dinheiro. Em algumas situações, o corretor joga o jogo de longo prazo, como foi o caso recentemente na Austrália, dando-lhe alguns retornos antes de desaparecer com sua moeda.

Preste atenção: seja cauteloso a quem solicita que você envie criptomoedas com a promessa de investir, negociar e dar-lhe dinheiro em troca. Isto é particularmente verdadeiro para propostas de altos retornos incríveis, mas também aplica-se a retornos moderados. Lembre-se que, se você enviar sua criptomoeda a alguém, não será possível recuperá-la. Da mesma forma, se alguém oferece para configurar uma carteira para você ou deseja compartilhar chaves privadas, esteja ciente de que terão acesso a todas as suas criptomoedas. Configure sempre a sua própria carteira e não forneça as suas chaves privadas a quem quer que seja, da mesma forma que não daria a senha da sua conta b

Um portal para reconhecimento de plantas.

  • Como funciona: Alguém cria um site falso ou uma página de mídia social que imita uma página legítima para pegar os clientes desprevenidos. Por exemplo, alguém pode criar uma página falsa do Facebook usando o mesmo nome e logotipo de um exchange de criptomoeda ou postar ou comentar na página do Facebook da empresa real, fingindo ser ela.
  • Qual é o golpe: Normalmente há ofertas de Bitcoin gratuitas. Por exemplo, um site fraudulento pode publicar na parede ou nos comentários de um site legítimo: “Estamos lançando uma nova parceria! Envie 1 BTC para o seguinte endereço e nós lhe daremos 2 BTC em troca!” Porém, o endereço não é do site legítimo, mas sim de fraudadores.
  • Cuidado: se algo parece bom demais para ser verdade, é provável que seja. Se alguém oferece Bitcoin grátis se você enviar criptografia deles primeiro, desconfie. Verifique se o cartaz ou comentador tem o mesmo número de postagens, seguidores, etc. quanto a página que você acha que está interagindo. A Coinmama nunca solicitará que envie moedas por meio do Facebook ou qualquer outra rede social.

Explicação: Um estelionatário irá desenvolver um site falso ou uma conta de mídia social falsa que imite um site legítimo, para captar usuários desavisados. Por exemplo, alguém pode criar uma página falsa do Facebook, imitando o nome e o logotipo de um provedor de criptomoeda ou interagir ou postar na página real do Facebook da empresa, fingindo ser ela.

Qual é a fraude: Normalmente, os golpistas oferecem Bitcoins grátis. Por exemplo, um site falso postará na parede ou nos comentários de um site legítimo que “Nós temos uma nova aliança! Envie 1 BTC para o seguinte endereço e nós lhe daremos 2 BTC em troca!”. O endereço, entretanto, não é de propriedade do site real, e sim de golpistas.

Tudo o que parece muito bom para ser verdade provavelmente é. Se alguém oferecer enviar-lhe Bitcoin sem custo, se você enviar-lhes cripto primeiro, eles provavelmente estão tentando ludibriá-lo. Mesmo que o anunciante ou comentarista pareça real, verifique se eles têm as mesmas postagens, número de seguidores, etc. que a página que você acha que é. Por exemplo, a Coinmama nunca pedirá para enviar moedas através do Facebook ou qualquer outra rede social.

Vai gostar:   Um plano de ação para aqueles que buscam construir um portfólio de carreiras ao longo da vida precocemente.

Fraudes que se aproveitam das redes sociais para enganar as pessoas são conhecidas como golpes de mídia social. Estas podem ser usadas para roubar dados pessoais, finanças ou, ainda, para instalar vírus em computadores.

  • Modo de funcionamento: Alguém pode se aproximar de você com a oferta de serviços de mídia social para auxiliá-lo com seu investimento em Bitcoin, desde que você envie moedas a eles. Às vezes, eles querem apenas oferecer sua assistência (geralmente com uma comissão para si próprios, para parecer mais autêntico), e outras vezes eles se apresentam como uma pessoa real.
  • Que tipo de fraude é esta? Uma vez que você envie seu dinheiro para o falsificador de investimentos, é improvável que você o verá de novo. Eles podem exigir que você faça pagamentos diversas vezes, e quando você tentar retirar seu dinheiro, eles desaparecerão.
  • Tome cuidado: Se alguém se aproximar de você com sugestões de aplicações de Bitcoin que lhe trarão riqueza, ou com pedidos de dinheiro, considere isto como uma tentativa de fraude. Isso vale para e-mails de reis de países africanos, para solicitações de enviar criptomoedas para um endereço específico, ou para trabalhos-de-casa e planos que exigem o pagamento de um valor.

Qual é o risco: Não receber as moedas que você comprou de um suposto corretor/consultor de investimento. Você pode enviar dinheiro para a pessoa, às vezes uma vez e às vezes ao longo de alguns meses, mas nunca receberá os fundos de volta quando for retirá-lo.

Evite: Se alguém se aproximar de você oferecendo ajuda em relação a investimentos Bitcoin, prometendo formas de enriquecer rapidamente ou pedindo dinheiro, é melhor prestar atenção, pois pode ser um golpe. Isso se aplica a e-mails da realeza em países africanos, solicitações para enviar criptomoedas para um endereço específico, ou trabalhos para se tornar rico por um preço.

Como assegurar seu capital em Bitcoin

Para proteger seu investimento em Bitcoins, é importante que você faça sua própria pesquisa. Leia nossos artigos de segurança cripto para saber mais. Sempre mantenha sua criptomoeda, o que significa criar sua própria carteira e não compartilhar suas chaves privadas com ninguém que não conheça. Desconfie de tudo o que você vê online, especialmente esquemas de get-rich-quick, investimentos ou negociações cripto, e ofertas de Bitcoins gratuitos. Se alguém pedir que você envie moedas para eles, mantenha-se sempre alerta.

Nós, na Coinmama, acreditamos que as criptomoedas são o futuro e queremos que você mantenha seu investimento cripto seguro. Por isso, temos um processo de verificação de conta que exige que os usuários confirmem que estão comprando Bitcoin para uso próprio, e não para outra pessoa. Embora as palavras sejam importantes, você também precisa se perguntar se a compra que está fazendo é realmente para si mesmo. Tenha em mente que as transações de criptomoeda são irreversíveis, portanto, se você enviar criptomoedas para outro, permitir que eles configurem sua carteira ou qualquer outra coisa, não poderá recuperar seu investimento.