Fale mais sobre você mesmo

Ainda que você não seja um acumulador de ativos, você certamente tem consciência de quem é você e, provavelmente, o número de títulos e contas em seu portfólio aumentou de acordo com a sua idade e patrimônio líquido.

À medida que os ativos se acumulam, torna-se lógico diversificar-se em vários tipos de investimentos e, possivelmente, aprofundar-se em áreas mais complexas de investimento, como commodities ou imóveis privados. Ao longo do tempo, as contas também tendem a se acumular, especialmente 401(k)s e IRAs.

Devido às várias forças, os investidores podem facilmente evitar o que chamo de “espalhamento de portfólio” – possuir várias contas e participações em cada conta. Embora a diversificação seja desejável, é importante não levá-la ao extremo. Isso pode tornar difícil manter o controle do que você possui e exigir algum nível de monitoramento contínuo se você possuir ações individuais e fundos mútuos ativamente gerenciados. O espalhamento de portfólio também pode tornar a manutenção do portfólio mais complicada, já que é mais difícil ter controle sobre sua alocação total de ativos. O tempo fiscal pode se tornar desnecessariamente complexo também.

A ótima notícia é que, com um pouco de dedicação, você pode alcançar um portfólio minimalista que contenha menos ativos móveis – contas e investimentos.

Passo 1: Faça um inventário e registre o que você possui.

O primeiro passo para organizar suas finanças é realizar um inventário de todos os seus relacionamentos financeiros – incluindo bancos, seguros e outras contas. Registre todas as informações de sua conta – números de conta, senhas, profissionais financeiros com os quais você lida etc. Use uma planilha para isso e criptografe o documento. Se você quiser imprimir, mantenha-o seguro e tranque-o. Este inventário irá ajudá-lo a identificar oportunidades e, mantendo-o atualizado, pode ser uma grande ajuda para seus herdeiros ou advogado lidarem com suas responsabilidades.

Vai gostar:   Como os avós podem preservar os netos?

Passo 2: Aglutinar como registros.

O próximo passo em direção a um portfólio minimalista é reconhecer a possibilidade de reunir contas do mesmo tipo. Ao economizar e investir, você provavelmente já tem ativos escondidos dos impostos, como IRAs, 401(k)s, Contas Roth e contas tributáveis/não aposentadas; e também pode ter poupanças de saúde. Embora não seja recomendado e possa nem ser possível unir ativos de silos diferentes fiscais, contas duplicadas do mesmo tipo oferecem a chance de otimização. Se você seguir cuidadosamente as regras para junção dos tipos de conta e deixar que as empresas trabalhem juntas para realizar a transferência de dinheiro,

Um trabalhador médio americano tem pelo menos 12 empregos ao longo de sua vida, o que significa que eles podem ter vários planos de aposentadoria diferidos por impostos, tanto os 401(k)s patrocinados pela empresa quanto as IRAs. Consolidar essas contas em uma única IRA oferece uma grande oportunidade para simplificar. Nesse sentido, caso um dos 401(k)s forneça proteções extras à credibilidade, consolidar pode ser aconselhável. Além disso, com a crescente disponibilidade de planos de saúde de alta qualidade com incentivos de poupança, as contas de FSA também podem ser consolidadas.

A parte prática deste projeto pode ser difícil de gerir. Se você precisa de ajuda para completar uma mudança, é frequentemente mais fácil contar com a empresa para a qual está transferindo os bens, ao invés de quem está saindo.

Passo 3: Examine sua meta de alocação de ativos.

Depois que você concluiu a consolidação de sua conta, este é um momento oportuno para rever a distribuição de seus ativos no portfólio, especialmente se não o fez recentemente. Se você tiver salvado seu portfólio no Morningstar.com, utilize a opção X-Ray para estudar o posicionamento da sua classe de ativos e compará-lo com os objetivos definidos. Se não tiver metas com relação ao uso dos recursos para a aposentadoria, os Índices de Alocação de Vida de Morningstar e/ou bons fundos de data-alvo podem auxiliá-lo a tomar o caminho certo.

Vai gostar:   Taxas de aumento Curiosamente Quashed Homeownership Sonhos de 2.4 Milhões de compradores de primeira hora

Passo 4: Faz com que as contas sejam conhecidas com métodos de construção básicos.

Dotado com metas para a distribuição de ativos de seu portfólio, você pode, então, passar para uma mistura de portfólio ultra-simples e minimalista. O objetivo de um portfólio minimalista é usar o menor número de investimentos para a diversificação. Os fundos de índice de amplo mercado e os fundos negociados em bolsa são especialmente adequados para esse esforço, proporcionando uma ampla exposição a ativos em um único tiro e com taxas de custo muito baixas. Estes se tornaram os alicerces dos meus quatro grupos de portfólio minimalistas para investidores em diferentes estágios da vida e para contas tributáveis e diferidas. Cada conjunto de portfólio abaixo inclui uma versão agressiva, moderada e conservadora.

Portfólios de aposentadoria diferida isentos de impostos para investidores otimizados: Para aqueles que estão aposentados e usando contas com proteção fiscal, tanto as tradicionais quanto as Roth.

Portfólios de aposentadoria de alta eficiência fiscal para investidores com pouca experiência: para aqueles que estão aposentados e optaram por contas tributáveis.

Portfólios de aposentadoria impostos diferidos para os investidores mínimos: Para aqueles que ainda estão trabalhando e acumulando para a sua aposentadoria em contas de aposentadoria fiscal, tanto diferidas quanto Roth.

Portfólios de Aposentadoria-Saver com Eficiência Fiscal para Investidores Minimalistas: Esta solução é ideal para aqueles que estão começando a guardar dinheiro para a aposentadoria em contas tributáveis.

Alguns portfólios utilizam produtos de vários provedores financeiros, como os portfólios de eficiência fiscal, que envolvem fundos de bancos municipais de fidelidade e fundos comercializados pela Vanguard. Contudo, é possível se manter com um único provedor, pois os grandes bancos como Fidelity e Vanguard oferecem fundos de baixo custo em todas as principais classes de ativos. Se você tem contas pequenas, investir em um fundo único, como o fundo de data-alvo, pode ser uma ótima solução, especialmente se você ainda não estiver aposentado. Quando você entrar na aposentadoria, é recomendável ter uma exposição discreta às classes de ativos, permitindo escolher onde colocar o dinheiro anualmente.

Vai gostar:   Qual é o avanço que aplicar o capital a longo prazo proporciona?

Não há impostos a serem pagos ao se alterar os títulos de dívidas fiscais – sejam eles contas de aposentadoria diferidas por impostos ou contas de poupança de saúde – desde que os fundos se mantenham dentro do shell da conta. Porém, você deve tomar cuidado ao realizar mudanças em seus impostos tributários, pois a venda de ativos apreciados pode resultar em uma conta de imposto. Se você precisar realizar grandes mudanças em suas contas tributáveis, certifique-se de buscar aconselhamento fiscal e/ou calcular a conta fiscal antes de seguir em frente.

Passo 5: Crie um plano para manter-se informado.

Ao estabelecer um portfólio minimalista, você terá poucas obrigações de supervisão de forma contínua. No entanto, se não houver fundos de data-alvo ou outras opções de autogestão, você ainda terá que acompanhar a alocação de ativos ao longo do tempo. Uma declaração de política de investimento documenta os parâmetros de seu portfólio, incluindo sua alocação de ativos, a frequência de monitoramento e quais eventos desencadearão mudanças. Com um portfólio minimalista, um check-up anual é tudo que você precisa, sendo normalmente necessário fazer mudanças ainda menos frequentemente.