Ordene: Algo mais do que apenas um NFT Bitcoin.

Após um longo período de inatividade, a esfera do Bitcoin NFT voltou à vida!

Aqueles que estão na cena há algum tempo podem se lembrar de Counterparty. Esta rede oferecia tokens personalizados construídos em Bitcoin. Embora tivesse prometido muito, a Counterparty nunca conseguiu atingir todo o seu potencial. Em última análise, foi eclipsada pelos contratos inteligentes da Ethereum, que desde então abriram a cena da NFT.

Agora, com Ordinals, o tão desejado ecossistema de Bitcoin NFT finalmente chegou e foi lançado como um foguete!

O que são os Números Ordinais?

A unidade mais pequena de um Bitcoin é chamada de satoshi (também conhecido como sat). Um único Bitcoin pode ser dividido em 100 milhões de sats. Um novo protocolo foi desenvolvido para permitir que cada satoshi seja inscrito com dados. Esta inserção se denomina ordinal e pode conter imagens, texto, SVG ou HTML, permitindo a formação de NFT.

Qual é a discrepância entre Ordinários e Ethereum NFTs?

Risco de reduzi-lo ao mínimo, os Ordinais são NFTs que podem ser desenvolvidos no blockchain Bitcoin. Esta é a abordagem simplificada. No entanto, existem algumas importantes diferenças entre NFTs e Ordinais.

Os ordinais existem independentemente de qualquer hierarquia.

Os Ordinals são um novo tipo de token digital que existe completamente na blockchain, em contraste com os NFTs do Ethereum. Isto significa que todas as informações relacionadas aos Ordinals são armazenadas de forma segura na blockchain do Bitcoin sem qualquer dependência de fontes externas. Esta característica fornece uma camada extra de segurança para os Ordinals e garante sua traçabilidade.

Vai gostar:   A utilização de Bitcoin em Dubai e nos Emirados Árabes Unidos está se tornando cada vez mais comum

O motivo pelo qual Ordinals é registrado diretamente na corrente é o que faz com que Casey Rodarmor – o responsável pelo The Ordinals Project – os refira como artefatos digitais ao invés de NFTs Bitcoin. NFTs tradicionais geralmente têm royalties atrelados a eles para os criadores, mas isso não se aplica aos artefatos digitais.

A infraestrutura NFT da Ethereum está bem definida e tem uma vantagem clara em termos de ferramentas. Por outro lado, os ordinais são extraordinariamente simples e muito mais acessíveis do que os NFTs da cadeia Ethereum. Ambos os sistemas possuem seus próprios pontos de segurança e riscos particulares que devem ser considerados. A escolha é feita por quem usará.

Custo inicial e probabilidade de fracasso são aspectos cruciais que devem ser avaliados.

Tradicionalmente, em Ethereum, o detentor controla o NFT e só recompensa o criador depois que é realizado. Por outro lado, em Bitcoin, quem desenvolve o NFT é o criador e eles assumem o custo inicial e o risco antes de saberem se ele pode ser comercializado.

Por outro lado, os leilões de estilo eBay continuam a ser uma opção para ambas as plataformas; o modelo inicial, porém, permite que os artistas exponham seus trabalhos em mercados abertos, sem a necessidade de esperar pelo resultado de uma venda. Com a contabilidade blockchain garantindo cada transação, os colecionadores podem descobrir o quanto um artista ganhou de sua coleção antes de comprar. Essa funcionalidade reduz substancialmente a especulação, permitindo que os artistas obtenham retornos financeiros imediatos por seu trabalho, sem a necessidade de esperar o fim de um leilão.

Muitas pessoas expressaram suas opiniões a respeito dos ordenais.

Enquanto o Projeto Ordinals foi amplamente acolhido com entusiasmo na esfera criptográfica, alguns militantes Bitcoin de longa data o ridicularizaram e criticaram, acusando a criação de NFTs de serem simplesmente spam.

Vai gostar:   UBS enfrenta dificuldades financeiras no valor de US$ 30 bilhões, enquanto a equipe do J.P. Morgan está concentrada no mercado mexicano.

Os críticos insinuaram que as inscrições “voando” e “tratando o código” constituem ordinários. Alguns foram tão longe que afirmaram que estas inscrições comprometem as características que tornam o Bitcoin resistente à censura, e, inclusive, sugeriram mudar as regras de validação para prevenir que elas sejam possíveis. No entanto, outros rejeitaram estas críticas de ordinários como puristas do Bitcoin que exageram de maneira dogmática em relação a esta emergente inovação cultural.

As chances de incremento do MEV não são incontáveis.

Apesar das críticas, Ordináis tem demonstrado que fornecem um valor adicional, além de funcionar como Bitcoin NFTs. Estas inscrições oferecem às pessoas que mineram e operam nós uma chance única de obter benefícios de MEV (valor extraível reduzido).

O Mercado de Energia Elétrica (MEV) é um sistema de transação de energia elétrica onde geradoras e distribuidoras se encontram para negociar a aquisição e venda de energia.

MEV se refere à recompensa que um minerador tem ao processar transações em um bloco. O valor que pode ser obtido é discutido. A discussão a respeito do MEV é se os mineradores devem ser devidamente remunerados ao processar transações que necessitam de mais espaço em comparação às transações mais pequenas que ocupam menos espaço.

A procura por espaço de armazenamento de bloco está em crescimento.

Conforme o interesse em ordenamentos aumenta, aqueles que desejam se inscrever são forçados a competir por um espaço limitado de blocos. Isso dá aos mineradores a capacidade de cobrar tarifas mais elevadas e, assim, ampliar suas receitas. Uma pessoa pode incentivar um minerador a incluir sua transação ao adicionar uma taxa alta a ela. Caso contrário, os usuários e os mineradores podem negociar um pagamento a parte para incentivar o minerador a incluir a inscrição em um bloco.

Vai gostar:   Qual é o risco envolvido na sua aplicação financeira?

Ao processar e validar essas operações, o Bitcoin NFTs oferece aos participantes da rede a oportunidade de obter lucros extras. Isto é extremamente benéfico para os mineradores menores que não poderiam pagar os preços mais elevados relacionados a transações mais grandes. Isso pode evitar que as principais piscinas de mineração tomem conta do mercado e estimular um ambiente de competição mais saudável para mineradores de todos os tamanhos e recursos.

É indisputável que quanto maior a necessidade de moedas tradicionais, maior o retorno que os mineradores podem obter.

O destino dos sistemas de organização e os NFTs (títulos não fungíveis) de Bitcoin estão se tornando cada vez mais relevantes.

Esta nova era de Ordináis foi acometida em 2023 pela tempestade e tem se mantido inabalável. A impressão é de que as transações de Bitcoin estão preparadas para mudar o mundo dos NFTs. A boa notícia para aqueles que querem se envolver é que já não é preciso ter seu próprio nó para interagir com Bitcoin NFTs, pois agora existem diversas carteiras compatíveis com Ordináis e serviços de cunhagem em andamento.

Ao facilitar que os mineradores se aproveitem de taxas extras, os ordinários oferecem uma chance empolgante a jogadores de todos os tamanhos no mercado. Isso não só dá aos participantes com menor poder aquisitivo a possibilidade de competir com entidades maiores, como também impede a manipulação de taxas por piscinas de mineração de grande influência.

Ao ampliarmos a visão, a Ordenação pode ser apenas um aperitivo do que o futuro possui. Quem diria que não veremos NFTs em outros sistemas, como Litecoin ou Dogecoin?

São tempos muito modernos, e esse novo aspecto empolgante do meio ambiente Bitcoin parece que irá durar!