Fraudes de investimento direcionadas aos idosos, relatadas por uma agência governamental.

No ano passado, os golpes que mais prejudicaram financeiramente os idosos nos Estados Unidos foram as promessas enganosas de investimentos em relacionamentos amorosos e criptomoedas falsas, de acordo com um relatório de uma agência federal divulgado esta semana. Autoridades estaduais de supervisão de títulos estão atentas a padrões semelhantes, inclusive casos em que essas estratégias são utilizadas em conjunto.

A Comissão Federal de Comércio informou que no ano passado os idosos foram vítimas de golpes de investimento que resultaram em um prejuízo de US$ 147 milhões, um aumento de 213% em comparação com 2020. Os golpes envolveram várias atividades, como seminários de investimento, conselhos financeiros, negociação de ações e commodities, arte, gemas e investimentos em moedas raras, com destaque para as criptomoedas.

De acordo com o relatório da FTC enviado ao Congresso, o aumento foi principalmente causado por um crescimento nos relatos de prejuízos devido a fraudes envolvendo investimentos em criptomoedas.

A perda típica para pessoas com 60 anos ou mais era de US$ 6.800 por incidente de fraude de investimento, conforme indicado pelo FTC. Em comparação, a segunda maior perda foi de US$ 5.100 por pessoa em golpes românticos. A perda média de todos os relatórios de fraude nessa faixa etária foi de US$ 685.

Os idosos foram alvos vulneráveis na internet, sofrendo um prejuízo total de $341 milhões. Dentro desse valor, $72 milhões foram resultantes de fraudes de investimento, enquanto os golpes românticos corresponderam a $13 milhões.

De acordo com um relatório de fiscalização publicado em setembro pela Associação de Administradores de Valores Mobiliários da América do Norte, houve um aumento de 70% nas fraudes envolvendo ativos digitais em 2021, conforme relatado pelos reguladores de títulos do Estado.

Vai gostar:   As perspectivas de desempenho estão aumentando.

“Estamos observando um crescimento semelhante em fraudes envolvendo criptomoedas e a importância de investigar e agir”, afirmou Andrew Hartnett, vice-comissário da Divisão de Seguros de Iowa e presidente da NASAA.

De acordo com Amanda Senn, vice-diretora da Comissão de Valores Mobiliários do Alabama, os fraudadores de criptomoedas estão se aproveitando do mercado em queda para enganar idosos, os convencendo de que as criptomoedas podem garantir-lhes um futuro financeiro mais promissor.

“Eles estão mencionando que o cripto é considerado como um investimento promissor devido ao potencial de enriquecimento das pessoas”, afirmou Senn.

Por vezes, o amor está associado a fraudes no mundo das criptomoedas. Em um esquema conhecido como “açougueiro de porco”, um golpista de criptomoedas engana uma pessoa idosa por meio de mensagens em redes sociais, utilizando uma foto atrativa em seu perfil.

Após estabelecer uma conexão, o golpista discute com a vítima sobre investimentos em criptomoedas e cria uma conta fictícia. Em seguida, apresenta um retorno simulado para atrair um investimento maior no esquema. Depois que a vítima se envolve, o golpista retira mais dinheiro dela.

“Senn afirmou que alguns investidores perderam centenas de milhares de dólares.”

A quantidade de idosos nos Estados Unidos que são alvos de golpes de investimento fraudulentos provavelmente não está sendo devidamente registrada, de acordo com relatórios da FTC.

“Por essa razão, os reguladores de títulos do estado continuam completamente focados nos golpes de investimento direcionados aos idosos americanos”, afirmou Hartnett.

Cerca de trinta estados implementaram a norma do modelo NASAA em relação à exploração financeira de idosos. De acordo com a regra, houve 1.428 relatos de suspeita de abuso em 2021, representando um incremento de 35% em comparação com 2020 e de 118% em relação a 2019. No mesmo período, os órgãos reguladores estaduais iniciaram 365 investigações, o que corresponde a um aumento de 57% em relação a 2020 e de 98% em relação a 2019.

Vai gostar:   Agrupe e economize em um programa de monitoramento de ações durante este expediente. Venda!

A entidade planeja realizar um seminário online no dia 3 de novembro abordando temas que envolvem idosos.

Senn afirmou que a educação é fundamental para evitar problemas.