O Bancário Bitcoin Miner Core apresentou seu plano de reestruturação, com o objetivo de garantir sua sobrevivência com êxito

Imagem: Peggychoucair/Pexels

A companhia mineira Bitcoin dos Estados Unidos (BTC) Core Scientific apresentou a sua reestruturação de acordo com o Código 11 da Lei de Falências dos EUA, e seus planos prevêem a conversão da dívida em ações para os credores.

A apresentação foi efetuada na quarta-feira, na Região Sul do Texas, e evidencia que a corporação de mineração acordou um projeto para reestruturar sua dívida, que será convertida em 97% de propriedade da empresa, negociado por um grupo de credores.

De acordo com o plano, os proprietários existentes da Core Scientific ainda teriam alguma parte do negócio e, assim, não seriam excluídos completamente.

O projeto ajudaria o Core Scientific a abater sua dívida em centenas de milhões de dólares, resultando também na redução substancial de seus gastos anuais com juros.

A empresa comunicou que deseja “criar o maior acordo possível” a respeito de sua nova visão após a quebra, e afirmou que se mantém otimista quanto à possibilidade de recuperação de suas atividades.

A decisão sobre a reestruturação depende da ratificação pelo Tribunal.

O plano foi desenvolvido seis meses após a falência.

O resultado final das negociações com as partes envolvidas é o plano de reorganização, que foi estabelecido seis meses depois que a empresa entrou com pedido de falência.

Naquela época, a corporação mineira responsabilizou a sua bancarrota a um débito não quitado de US$ 7 milhões do falido credor de criptografia Celsius Network.

Ele informou que houve um prejuízo líquido de US$ 434,8 milhões nos últimos três meses até 30 de setembro de 2022, e que tinha apenas US$ 4 milhões em caixa no momento de sua falência.

As principais ações científicas, que foram transacionadas no mercado sobre o contador (OTC) com a marca CORZQ, aumentaram mais de 11% na quarta-feira, quando o plano foi divulgado.

Vai gostar:   Investir uma boa estratégia está contribuindo para o crescimento?

Na quinta-feira, o estoque aumentou 12%, impulsionado pelo otimismo generalizado no mercado Bitcoin.

Durante os últimos doze meses, o estoque ainda se manteve em níveis reduzidos de 76%, sendo vendido a um custo de 0,51 dólares.