Economizar com selo colecionável pode se tornar um pastime muito divertido e rentável

Talvez você tenha tido um pai ou avô que gostasse de colecionar selos ou lhe ensinasse sobre a filatelia, o nome dado para a prática da coleção de selos.

A prática de coletar carimbos começou como um passatempo logo após o primeiro selo de correio ser emitido nos Estados Unidos em 1847. À medida que os selos diversificaram seus valores monetários, os saques coloridos de diferentes locais, como o Havaí e Madagascar, foram adquiridos e comercializados por seu valor de coleção.

O interesse na filatelia não é mais tão amplamente abraçado como antes. Atualmente, os filatelistas são predominantemente constituídos por baby boomers e investidores. Os aposentados podem ter mais tempo para dedicar ao passatempo, porém eles podem não estar dispostos a colocar dinheiro nos selos de maior valor e qualidade, os quais atraem os investidores.

Descubra mais informações sobre como os investidores estão adquirindo selos para seus portfólios, como as filas de economia funcionam e também quais são as principais tendências nos preços dos selos atualmente.

Pontos principais abordados na reunião foram discutidos.

  • Os investidores esperam obter um retorno ao adquirir e revender selos de alto valor.
  • Os custos das coleções de selos estão descendo em consequência das últimas tendências de grande oferta e queda na procura.
  • A pandemia mundial deu origem a um renascimento do interesse em colecionar selos.
  • Os carimbos são considerados bens menos líquidos, pois normalmente demoram para serem comercializados.
Vai gostar:   A Arca de Cathie Wood aumentou em US$ 16 milhões a quantia investida nos fundos de criptografia privados.

O Stamp está a levantar um pedido de prejuízo?

Em 1988, a American Philatelist Society contava com 57.815 membros, de acordo com a informação fornecida pelo site da organização. Atualmente, o número de participantes é menor que a metade do que era antes. Pode ser que as pessoas estejam perdendo o interesse na atividade da coleção de selos por vários motivos, entre eles o fato de que os valores de muitos selos estão em declínio.

O aumento da eficácia das ferramentas de pesquisa, como a internet, ampliou a visibilidade em torno da compra e venda de selos, o que, por sua vez, resultou em sua desvalorização. Isso se deve, em boa parte, ao fato de os colecionadores serem informados de que muitos selos não eram tão inéditos quanto se acreditava.

Vários fatores são tomados em consideração ao avaliar selos. Entre eles estão a representação gráfica do selo, suas bordas ou perfurações, a nomenclatura original, a nacionalidade do selo e sua história. Se um selo tiver erros de impressão, pode ser muito mais valioso pois foi removido da circulação, portanto, são mais raros.

Normalmente, os selos usados são mais valiosos se possuírem uma marca de cancelamento leve e forem colocados em um envelope com um carimbo de cancelamento especial. Quanto menos visível for a marca de cancelamento, melhor será o seu valor.

Os resultados a longo prazo são mais significativos que os de curto prazo.

Os preços mais baixos dos selos de colecionadores podem ser encarados por alguns como uma chance de obter lucros no longo prazo. Ainda assim, a maioria dos colecionadores coleciona selos por causa do seu interesse na história e pela paixão que têm por eles.

Uma pesquisa publicada no Journal of Financial Economics descobriu que os selos de coleta britânicos entre 1900 e 2008 tinham um rendimento de 7,0% nominalmente e de 2,9% em valor real. Esses rendimentos são, em geral, mais altos do que os retornos médios de títulos, mas menores do que ações. Eles são mais comparáveis aos retornos encontrados com arte. Selos mais caros e raros tendem a produzir melhores retornos para os investidores.

Vai gostar:   Que mercados emergentes são?

O caríssimo selo que já foi comercializado foi a Guiana Britânica One Cent Black-on-Magenta, que saiu por 9,5 milhões de dólares no ano de 2013, e posteriormente, em 2021, foi vendido por 8,3 milhões de dólares.

Selos podem ser uma maneira interessante de expandir um portfólio de investimentos, no entanto, eles não são uma alternativa para investimentos mais convencionais, tais como o mercado de ações ou bens imobiliários, para auxiliar na realização de objetivos financeiros.

Selos são investimentos de baixa liquidez, o que significa que é necessário um período de tempo maior para se obter dinheiro com a sua venda. Estes itens podem levar meses ou anos para encontrar um comprador interessado, dependendo da procura por esse selo particular. Eles são bens físicos, e se não forem guardados adequadamente, podem perder seu valor.

A pandemia trouxe consigo a criação de um novo interesse em coleções de selos. O renascimento deste hobby veio com o aumento das pessoas procurando atividades para preencher seu tempo livre.

Muitos concessionários observaram um aumento na prática de coleta de selos após a pandemia global COVID-19 ter início em 2020. Com as pessoas tendo mais tempo disponível, devido ao confinamento, elas tiveram a oportunidade de dedicar-se ao seu passatempo favorito.

Os preços dos selos para fins de investimento são definidos pela demanda, tendências, origem e estado de conservação. Os selos não usados são mais valiosos que os usados, mas, mesmo que um selo seja extremamente raro, ainda assim pode ser uma boa opção para investimento, mesmo que esteja em mau estado.

O que você busca em um selo com potencial de investimento?

Se você está investigando a possibilidade de comprar selos como investimento, procure aqueles com carimbo ou goma desfeita intacta, que nunca foram usados, que sejam raros e que estejam em ótimo, fino ou bom estado.

Vai gostar:   Qual é o patrimônio líquido do Bernard Arnault?

É razoável investir em selos?

Os selos de investimento são capazes de proporcionar a diversificação de um portfólio. Estes, geralmente, não são afetados pelas condições que têm impacto sobre o preço de outros ativos. Por exemplo, sua avaliação não é impactada pelas tendências do mercado de ações ou por um crescimento no setor imobiliário.

Como você aplica seu dinheiro em selos?

Você pode adquirir selos de forma independente ou adquirir um portfolio de selos, que podem exibir cinco a sete selos raros que possam ser mantidos durante um período, como cinco a 10 anos. Quando o tempo se esgota, caso o valor do selo não tenha aumentado, a empresa de venda devolverá o capital investido. Por outro lado, se o preço tiver subido, o vendedor se apropriará de uma parte do lucro. Este tipo de investimento pode ter variações de preço, sendo considerado um investimento de risco controlado.

A conclusão é que não podemos mais passar por cima do problema.

Se você está interessado em investir em selos, trabalhe com um revendedor confiável enquanto estiver a par das tendências que podem alterar o valor de um carimbo. Os clubes de Filadélfia podem incluir investidores que podem servir como orientadores. Pense nos fatores básicos que influenciam o preço de um selo, desde a sua aparência à sua perforação.

Tenha em mente que, apesar de estes ativos apresentarem uma volatilidade muito baixa e tenderem a aumentar o seu valor continuamente, eles também podem ter uma diminuição de valor dependendo das variações da procura.