Uma maneira de incluir ouro em seu portfólio é investir em Certificados de Troca de Ouro (ETCs).

Você está pensando em investir em ouro? David Stevenson explica como incluí-lo em seu portfólio usando ETFs em barras e moedas douradas.

Os investidores estão constantemente olhando para os mercados passados para identificar tendências e estão convencidos de que a década de 1970 se repetirá. Esta crença tem o ouro como protagonista, pois iniciou a década custando US$ 41 por onça e terminou em US$ 459.

Muitos – eu incluído – são céticos quanto ao caso para essas afirmações sobre o tamanho dos lucros. Contudo, há uma tese mais plausível de que o ouro ainda pode ser considerado um investimento seguro nos dias atuais de insegurança.

Então, de que maneira você pode incluí-lo em seu portfólio, se você está tão interessado? Você poderia adquirir ouro físico em forma de barras e moedas, mas isso acarreta em um prêmio de até 8% do custo da aquisição.

Contudo, há opções de investimento práticas, como os fundos negociados em bolsa (ETFs) baseados em ouro de algumas companhias. A seleção destes fundos cresceu nos últimos anos, juntamente com a redução significativa das taxas de gestão anuais de despesas totais (TERs) – você agora pode encontrar taxas iniciais muito baixas.

Em adição, a maioria destes produtos comerciais negociados por ouro (ETCs) – nomenclatura usual para ETFs que acompanham commodities – são agora respaldados fisicamente, indicando que o seu ETC possui uma quantidade alocada de um estoque real de ouro armazenado em um lugar seguro em um cofre.

Grandeza e fluidez são fatores cruciais para a vitória de um investimento.

O iShares Physical Gold é o ETF de ouro mais grande. Esta é a opção mais líquida, mas também há um grande concorrente, o Invesco Physical Gold (LSE: SGLP para esterilização, LSE: SGLD para dólares).

Vai gostar:   UnitedHealth adquiriu Amedisys por US$ 3,3 bilhões.

Gold Bullion Securities (LSE: GBS), criado pela ETF Securities em 2004 e agora gerenciado pela WisdomTree, possui uma relação de despesa total de 0,12% ao ano, o que significa que é o mais antigo estabelecido.

Se você deseja guardar ouro na Suíça – alguns investidores temem que os governos dos Estados Unidos ou do Reino Unido possam apreender o metal precioso – a principal reserva é o WisdomTree Swiss Gold (LSE: SGBX, LSE: SGBS).

Estes fundos têm duas versões: libra esterlina e dólar. Mas, independentemente da moeda, o investimento tem a mesma exposição. A liquidez e taxas cobradas por seu corretor devem influenciar a escolha entre uma ou outra. Alguns corretores aplicam tarifas de câmbio ao adquirir ETFs listados em Londres e negociados em dólar.

Todavia, há rastreadores de ouro com cunha cambial, em que a escolha pode ser determinante para os resultados. O mais amplo e mais acessível é o WisdomTree Physical Gold Daily Hedged (LSE: GBSP). Eu recomento cautela, pois o hedge cambial introduz uma complexidade e uma despesa adicionais à estratégia de refúgio seguro.

Opções divertidas para o tempo livre

O HANetf Royal Mint Physical Gold ETC (LSE: RMAP, LSE: RMAU) foi responsavelmente obtido e é interessante, apesar de ter uma taxa de custo total relativamente maior de 0,22%.

A Royal Mint Connection lhe oferece a possibilidade de trocar suas aquisições de moedas ou barras de ouro Royal Mint físicas, com um custo adicional. Além disso, você está obtendo ouro que é responsavelmente fornecido – o Royal Mint administra cuidadosamente sua fonte de ouro.

Por último, aqueles que estão dispostos a tomar riscos podem avaliar a mineração de ouro. Não leve em consideração tudo o que eu disse sobre investimentos seguros aqui: isso é para aqueles que têm a convicção de que o ouro está subvalorizado e estão esperançosos de ver o preço aumentar acima de US$ 2.000 de forma consistente.

Vai gostar:   O mercado imobiliário tem tido um ano fantástico, com o número de vendas de casa atingindo patamares anuais elevados

Se isso acontecer – e é um grande “se” – então, espera-se que o custo das ações das empresas mineradoras de ouro se beneficie desproporcionalmente.

Usando linguagem técnica, essas ações de mineração do ouro possuem um alto beta para os preços do ouro, assim sendo somente para touros de curto prazo – significando que essas ações têm um desempenho extremamente fraco se os preços do ouro caírem.

Se esta é a sua escolha favorita (talvez como uma grande possibilidade para a proteção contra a inflação), então o melhor investimento provavelmente é o Van Eck Gold Miners ETF (LSE: GDGB, LSE: GDX), que é negociado na bolsa.