Você está em busca de uma forma de aumentar os resultados de seu portfólio, aproveitando chances de curto prazo do mercado? Se sim, você pode considerar a possibilidade de investir de maneira estratégica, uma abordagem de investimento ativo que envolve alterar a sua divisão de ativos baseada nas situações e tendências atuais do mercado.

Contents

Neste artigo, vamos detalhar o que é o investimento tático, como ele opera, quais são seus privilégios e perigos, e como você pode aplicá-lo em seu portfólio. Também vamos apresentar a Kubera, uma tecnologia para gerenciamento de patrimônio e monitoramento de valor líquido que pode ajudar você a administrar sua estratégia de investimento tático.

Investimento Tático ou Alocação de Ativos Táticos (TAA) é um tipo de investimento que se caracteriza por mudanças ocasionais na alocação de ativos, de acordo com as condições do mercado. É um método de investimento que visa aproveitar oportunidades de curto prazo e, assim, aumentar os retornos.

A alocação de ativos táticos (TAA) é uma abordagem de investimento que requer uma gerenciamento ativo de um portfólio, com base em tendências de mercado, previstas ou mudanças na visão. O intuito desta alocação de ativos é melhorar o risco-retorno do portfólio, aumentando os retornos globais ou preservando o capital.

Investimento tático é diferente dos investimentos estratégicos, que focam na distribuição de ativos a longo prazo. A alocação de ativos estratégicos implica em determinar a distribuição de ativos do seu portfólio de acordo com os seus objetivos financeiros, seu nível de risco e o período de investimento que você deseja, reequilibrando-o regularmente ou quando ele se desviar significativamente do alvo. Por outro lado, o investimento tático implica em alterar as porcentagens investidas no mercado, mudanças de ativos entre setores ou a realização de operações com base em oportunidades de curto ou médio prazo.

Investir de forma tática exige assumir os riscos ativos, o que significa afastar-se da alocação dos ativos estratégicos. O risco ativo pode ser benéfico ou prejudicial, dependendo se a alocação tática excede ou não a alocação estratégica. Os investidores táticos estão dispostos a tomar o risco ativo em troca da possibilidade de retornos maiores.

Como se realiza o investimento tático?

O investimento tático ajusta a distribuição de recursos de um portfólio em diferentes categorias de bens, como ações, obrigações, produtos básicos, propriedades e dinheiro, de acordo com as indicações e chances do mercado. Os investidores táticos empregam uma mistura de fatores econômicos globais, avaliações relativas e indicadores técnicos para detectar tendências e discrepâncias no mercado através de classes de ativos.

Os investidores táticos não se concentram em escolher investimentos específicos dentro de cada classe de ativos, mas sim em ajustar a exposição geral a cada classe de ativos com base no desempenho previsto. Por exemplo, um investidor tático pode aumentar sua participação em ações quando houver expectativa de um bom crescimento econômico e lucros empresariais, ou reduzir sua exposição a títulos quando se espera um aumento das taxas de juros e da inflação.

Vai gostar:   Coinmama e Wellfield uniram-se para influenciar o rumo das finanças.

Uma das estratégias de investimento tático mais populares são as estratégias de futuros gerenciadas. Estas são estratégias de acompanhamento da tendência que implicam em adquirir contratos futuros longos ou curtos em diversas classes de ativos, como commodities, índices de patrimônio, moedas e renda fixa, de acordo com a condição do mercado. Estas estratégias buscam aproveitar as tendências de preço e o impulso nos diferentes mercados, para que sejam lucrativas tanto em mercados em alta como em queda.

Exemplo de como as estratégias gerenciadas-futuras podem ser aplicadas em investimentos táticos foi notado em abril de 2021, quando o Índice de Preços do Consumidor dos Estados Unidos (CPI) teve um aumento de 4,2% ao ano, o maior desde 2008. Isso fez com que muitos investidores se preocupassem com o impacto da inflação em suas carteiras, especialmente em seus investimentos de renda fixa. No entanto, a Reserva Federal manteve seu posicionamento de que a inflação era “transitória” e não aumentaria as taxas de juros ou reduziria seu programa de compra de títulos em breve.

Neste cenário, um investidor tático poderia utilizar uma estratégia de futuros gerenciados para se proteger contra riscos de inflação, assumindo posições longas em contratos futuros de commodities (tais como ouro, petróleo, cobre) e contratos futuros de renda fixa curta (tais como títulos do tesouro). Alternativamente, um investidor tático também poderia assumir posições longas em contratos futuros de índice de equidade (tais como o S&P 500) e contratos futuros de moeda curta (tais como o dólar dos Estados Unidos) se acreditasse que a inflação iria impulsionar os lucros corporativos e enfraquecer o dólar.

A flexibilidade é um dos aspectos mais atraentes do investimento tático, pois permite que os investidores se ajustem às condições de mercado em mudança. A diversificação também é possível, já que um portfólio tático pode ser composto por várias classes de ativos. Além disso, o investimento tático oferece oportunidades de lucro ao longo do tempo, graças ao uso de análises fundamentais e técnicas para identificar oportunidades de investimento.

O investimento tático pode ser uma ótima opção para aqueles que desejam aumentar seus retornos de portfólio, explorando oportunidades de mercado a curto prazo. Os potenciais benefícios de apostar nesta estratégia são:

  • Ao ajustar a alocação de ativos de acordo com as oportunidades no mercado, os investidores táticos podem aproveitar retornos acima da referência estratégica ou diminuir o risco de seu portfólio. Uma pesquisa da Vanguard descobriu que a aderência à alocação de ativos táticos pode gerar em média 1,6% de retornos anuais ao longo de 10 anos.
  • Ao diversificar, adicionando ativos não correlacionados, como futuros gerenciados, a um portfólio tradicional de 60/40 (60% de ações e 40% de títulos), os investidores podem melhorar a diversificação e reduzir a volatilidade. Uma pesquisa da Morningstar mostra que, ao incluir futuros gerenciados no portfólio de 60/40, há uma redução de 2,3% no desvio padrão e um aumento de 0,4% na projeção de rendimento.
  • Hedgeando o risco de mercado de ações usando futuros gerenciados: Futuros gerenciados têm provado ser eficazes nos períodos de incerteza, como a bolha da Internet dos anos 2000, a crise financeira global de 2008-2009 e a pandemia COVID-19 de 2020. Ao se proteger do risco do mercado de ações, os futuros gerenciados podem melhorar os retornos de um portfólio, de acordo com um estudo da PIMCO. Os futuros gerenciados podem oferecer retornos positivos durante os mercados de urso de ações e reduzir a retirada máxima de uma carteira em até 7,9% ao longo de trinta anos.

Cinco questões e preocupações a ter em conta na tomada de decisões de investimento estratégico

Apesar de o investimento tático poder oferecer certos benefícios, há também algum risco e ponderações com as quais os investidores devem estar familiarizados antes de incorporar isso às suas carteiras. Alguns dos principais riscos e considerações de investimento tático são:

  • Investir de forma tática envolve assumir riscos ativos que podem resultar em variações grandes e retornos menores do que seguindo uma alocação de ativos estratégica. Esta abordagem necessita constantes ajustes à alocação de ativos segundo as condições e oportunidades de mercado, o que nem sempre é preciso ou rentável. Esta estratégia também pode resultar em custos e impostos de transação mais elevados devido à negociação mais frequente. Uma pesquisa realizada pela Vanguard mostrou que a alocação de ativos táticos pode aumentar o erro de rastreamento de uma carteira em média 3,4% ao ano ao longo de um período de 10 anos.
  • Os custos envolvidos nas estratégias gerenciadas podem ser consideravelmente elevados, o que pode resultar em custos mais altos para os investidores. A Morningstar estimou que a proporção média de despesas para fundos mútuos de futuros gerenciados foi de 1,87% em março de 2021, o que é significativamente maior que os 0,57% para fundos mútuos de capital dos EUA e 0,48% para fundos mútuos de títulos dos EUA. Estes custos mais altos podem ter um efeito prejudicial sobre os possíveis retornos de um investimento em táticas.
  • Existem associações instáveis entre os futuros gerenciados e as ações. A ausência de correlação não significa necessariamente correlação negativa, de modo que os futuros gerenciados nem sempre são capazes de mitigar as quedas nas ações. Embora os futuros gerenciados geralmente desempenhem bem em tempos de crise, eles também podem ser mal sucedidos durante períodos de alta ou de estabilidade. Em 2017, por exemplo, o Índice S&P 500 teve um aumento de 21,8%, enquanto o Índice Barclay CTA, um índice de referência para estratégias gerenciadas, caiu 2,3%. Além disso, a associação entre futuros gerenciados e ações pode variar
  • Tolerância ao risco e horizonte de tempo são fundamentais ao se tomar decisões táticas de investimento. Investidores com uma tolerância de alto risco e um horizonte de curto a médio prazo se darão bem com investimentos táticos, pois podem suportar maior volatilidade e aproveitar as oportunidades de curto prazo. Contudo, aqueles que desejam um desempenho de portfólio mais estável e consistente, tendo baixa tolerância ao risco e horizonte de investimento de longo prazo, devem optar pela alocação estratégica, que exige menos vigilância e menos risco. Dave Chapman, do Legal & General Investment Management America,
  • Os resultados passados não são garantia de retorno futuro: A estratégia de investimento tática se baseia em dados anteriores e tendências para escolher a melhor alocação de ativos, que podem não se adequar às condições e oportunidades futuras. Os investidores táticos precisam estar preparados para possíveis perdas ou ganhos dependendo das mudanças na dinâmica de mercado ou acontecimentos inesperados.
Vai gostar:   Os mercados subiram ao meio-dia, motivados pela desaceleração da inflação.

4.Siga os seus investimentos de perto para se certificar de que eles estejam alcançando seus objetivos definidos.

Se você pretende investir de forma estratégica, aqui estão alguns conselhos práticos e orientações para aplicá-lo ao seu portfólio:

Faça uma variedade de investimentos e gerencie os riscos associados ao seu portfólio.

Não deve-se considerar o investimento tático como substituto para uma diversificação de carteira, mas sim como complemento. Desta forma, os investidores devem ter uma carteira composta por classes de ativos, setores, regiões e estilos diferentes, ajustando a alocação de ativos às referências estratégicas. O controle de riscos deve ser monitorado com auxílio de ferramentas e métricas apropriadas, como volatilidade, beta, relação Sharpe e drawdowns.

Pense em seus propósitos monetários, nível de aceitação do risco e tempo de aplicação antes de determinar qual investimento fazer.

O investimento tático não se enquadra em um tipo único; depende de suas circunstâncias e preferências individuais. É importante considerar seus objetivos financeiros (tais como geração de renda, aumento de valor, preservação de riqueza), seu limite de risco (quão voláteis e quanto você pode aceitar perdas) e seu horizonte de investimento (por quanto tempo você pretende investir) antes de decidir se o investimento tático é adequado para você. Você pode usar instrumentos como questionários de tolerância ao risco ou calculadoras de alocação de ativos para descobrir sua mistura ideal de portfólio.

Se você não tem convicção ou não tem experiência com investimento estratégico, procure orientação profissional.

Um nível elevado de competência, informação e autocontrole é necessário para realizar investimentos táticos com êxito. Se você não tem certeza ou é inexperiente nesse tipo de investimento, pode se beneficiar procurando aconselhamento profissional de consultores financeiros e investidores que o ajudarão a desenhar e implementar uma estratégia de investimento que atenda às suas necessidades e objetivos. Esses profissionais ainda podem monitorar e ajustar o desempenho de seu portfólio de acordo com mudanças nas condições e oportunidades de mercado. Para encontrar consultores qualificados, use plataformas como NAPFA ou XY Planning Network.

Vai gostar:   O Banco da Inglaterra elevou suas taxas de juros acima das expectativas, o que surpreendeu os analistas do mercado.

Determine a proporção em que seu portfólio será diversificado entre diferentes tipos de investimentos.

Não há uma abordagem única para alterar as táticas de um portfólio. É aconselhável criar uma estratégia individual que se adeque à sua experiência, recursos e limites de tempo. Essas dicas são úteis para ponderar:

  • Aloque uma fração do seu portfólio (por exemplo, entre 10% e 20%) para investimentos estratégicos, mantendo o resto de acordo com sua distribuição de ativos estratégicos.
  • Opte por tipos de ativos para investir estrategicamente, como ações, títulos, commodities, imóveis, dinheiro, e outros. Além disso, considere classes de ativos subvalorizadas, como setores, regiões, estilos, entre outros.
  • Estabeleça parâmetros que possam provocar suas alterações táticas, como fatos macroeconômicos, análises de referência, indicadores técnicos, sentimento de mercado, etc. Você também pode usar ferramentas como seletores de ETF ou seletores de fundos mútuos para ajudá-lo a descobrir os melhores fundos de desempenho ou subvalorizados em cada classe de ativos.
  • Estabeleça com que frequência e por quanto tempo você implementará as suas alterações estratégicas, seja mensalmente, a cada trimestre ou anualmente. Além disso, estabeleça um objetivo ou critério para encerrar cada posição tática, a fim de determinar quando sair.
  • Examine e ajuste seu portfólio com frequência para garantir que esteja alinhado aos seus objetivos e capacidade de tolerar riscos. Além disso, você pode usar programas de monitoramento de portfólios, como o Kubera, para ajudá-lo a controlar e analisar o desempenho do seu portfólio.

Kubera pode contribuir para Está com Investir Tático por meio de seus serviços de gestão financeira.

Imagem: GernotBra/FreeImages

Se você estiver buscando uma solução de gerenciamento de patrimônio e de monitoramento de patrimônio líquido para auxiliá-lo na tomada de decisões de investimento tático, Kubera pode ser a plataforma certa. Esta poderosa ferramenta pode ajudá-lo a reunir seus ativos de várias contas e plataformas (como bancos, corretoras, criptomoedas, imóveis, etc.), acompanhar o desempenho e o risco de seu portfólio, bem como a tomar decisões de investimento informadas.

Alguns dos benefícios oferecidos por Kubera para auxiliar no investimento estratégico são:

  • Um quadro que mostra seu patrimônio líquido, como seus ativos estão distribuídos, o desempenho de seu portfólio e outras medidas num único lugar.
  • Uma ferramenta que auxilia você a reequilibrar seu portfólio, levando em conta sua estratégia de referência e oportunidades táticas.
  • Um serviço benéfico para proteger seus bens e herança caso você faleça.

Com Kubera, você pode facilmente administrar suas estratégias de investimento tático com tranquilidade. Você também tem acesso a ele a partir de qualquer dispositivo, o que torna o seu uso bastante prático e flexível para quem tem um estilo de vida atarefado.

No término desta tarefa, chegamos à conclusão de que a tecnologia tem um lugar destacado na educação, pois facilita o acesso a matérias de forma mais animada e interativa. Além disso, possibilita ao professor acompanhar o desenvolvimento dos estudantes e empregar estratégias mais eficazes de ensino.

O investimento tático é uma forma de ajustar seu portfólio de acordo com as oportunidades do mercado de curto prazo. Isso pode ajudar a ampliar seus lucros, diversificar seu portfólio e proteger contra os riscos do mercado. No entanto, também apresenta desafios, como maior risco, taxas e necessidade de habilidades.

A aplicação de recursos com intenções específicas não é adequada para todos; depende de seus objetivos, limiar de aceitação de risco e cronograma. É necessário avaliar minuciosamente as vantagens e desvantagens e procurar aconselhamento profissional, se necessário. Além disso, pode ser útil usar um programa de gestão de patrimônio e monitoramento do valor líquido, como o Kubera, para ajudar na sua estratégia de investimento tático.

Kubera é uma ferramenta robusta e fácil de utilizar, que permite controlar seus bens em diferentes contas e plataformas, monitorar as taxas de retorno e os riscos do seu portfólio e tomar decisões de investimento estratégicas. Você pode acessar Kubera a partir de qualquer dispositivo e de qualquer local, o que o torna conveniente e flexível para sua vida agitada.