Reflexionar sobre o progresso de um estudante?

Nós, humanos, tendemos a nos comparar entre nós. Seja qual for o trabalho, carro ou o número de férias que levamos a cada ano, sempre vamos nos comparar com amigos, irmãos, colegas de trabalho, vizinhos ou qualquer um que vemos na rua ou na televisão. No entanto, a comparação do desempenho dos nossos investimentos é um pouco mais complicada. Graças à era digital, podemos verificar nossos investimentos em um abrir e fechar de olhos, mas como saber se o nosso dinheiro está rendendo o máximo que pode? E o que fazer a respeito?

Aqui estão cinco assuntos para refletir ao ponderar o rendimento:

Pense cuidadosamente sobre a sua escolha de investimento. O desempenho do seu portfólio depende de suas escolhas. Investir em títulos e equivalentes em dinheiro geralmente significa retornos estáveis, mas também significa que você não terá a oportunidade de ganhar muito. Por outro lado, se você estiver disposto a arriscar mais, ações podem oferecer retornos melhores. No entanto, isso também vem com um risco maior de flutuações no valor dos seus investimentos. É uma decisão de risco versus recompensa – quanto risco você está disposto a correr para potenciais retornos maiores?

Pense nos seus objetivos – Objetivos e, consequentemente, o tempo de investimento – deve ter um papel importante nas decisões. Se o seu objetivo é obter uma casa ou casar-se e está a menos de 5 anos de distância, investir não é apropriado. Metas entre 5 e 10 anos são mais apropriadas, mas ainda assim podem influenciar o nível de risco que você deve assumir. Como regra geral, quanto mais longo o seu prazo, mais apropriados se tornam os investimentos de maior risco. Alguém em seus 20 anos começando a poupar para a aposentadoria pode razoavelmente esperar um período de 40 anos ou mais e, portanto, estar bem preparado para uma estratégia de investimento de alta renda.

Vai gostar:   O que ocorreu com o setor de títulos de dívida neste ano?

Reflita sobre o custo de seus investimentos. Taxas e outras despesas podem ter um grande impacto no rendimento de suas aplicações, pois os custos são pagos, em última instância, dos seus ganhos. Você pode pensar que pagar uma tarifa anual de 2,5% para um gestor de patrimônio tradicional é justificável, mas quando você pode receber um serviço similar por apenas 1%, você deve pesquisar com cuidado qual representa melhor o valor do seu dinheiro. Esta diferença de tarifa de 1,5% pode realmente se acumular ao longo dos anos. Preste atenção às plataformas com um ‘cardápio’ de custos e encargos, pois você pode se surpreender ao som

Pense nos benchmarks. Para comparar o seu desempenho de investimento com o de outros sem algumas das complicações da conversa, recomenda-se utilizar um benchmark como o Índice de Clientes Privados da ARC. Esse índice mostra a média dos retornos de milhares de carteiras de investimento similares à sua, através de uma variedade de níveis de risco. Os benchmarks, como o da ARC, oferecem ao consumidor o direito de responsabilizar seu gerente de investimento se os seus ganhos estiverem abaixo da média. Como seria bom se houvesse uma referência confiável para comparar todas as áreas de nossas vidas com as de outras pessoas!

Pense em aplicar as medidas apresentadas aqui, todos podem avaliar seu desempenho e certificar que suas escolhas de investimentos se ajustem a seus metas e programação. Se ver que os seus ganhos estão sendo inferiores ao esperado, considere trocar de provedor de investimento e verifique sempre taxas anuais baixas.

Por gentileza, fique ciente de que o montante dos seus investimentos tanto podem diminuir quanto aumentar, e que você pode recuperar menos do que aplicou.

Vai gostar:   Treze motivos para começar a acumular para a aposentadoria desde já.