Porque muitos jovens da geração millennial estão cobrindo preocupações em relação a investir?

De acordo com uma pesquisa recente, 10 milhões1 de britânicos entre 18 e 35 anos desejam possuir uma propriedade, se casar ou formar uma família. No entanto, esses objetivos não são baratos e muitas pesquisas indicam que os jovens têm dificuldades para atingi-los. Por exemplo, enquanto 60%1 dos Baby Boomers possuíam uma casa ao final dos anos 20, apenas 33%1 dos Millennials – pessoas nascidas entre 1981 e 1996 – conseguiram o mesmo. Embora o investimento possa ajudar a realizar seus planos a longo prazo, a maioria dos Millennials parece cautelosa, uma vez que 55%1 deles não investem.

Uma pesquisa demonstrou que os milênios do Reino Unido são os segundo mais prejudicados financeiramente entre os países desenvolvidos.

No mês de setembro de 2017, Boring Money Insights apresentou conhecimento sobre finanças.

Os millennials podem não ser grandes entusiastas de torradas de abacate, no entanto, eles tiveram experiências com a Crise Financeira de 2008-09, tanto quando eram adolescentes quanto adultos jovens, o que definiu sua relação com dinheiro e investimento. Uma pesquisa recente indica que muitos desenvolveram a opinião de que os mercados são muito arriscados, com 66% das pessoas nascidas nos anos 1980 e 1990 afirmando que investir em ações é assustador ou intimidante. Porém, os millennials podem estar exagerando a periculosidade relacionada ao investimento a longo prazo e sua tendência para altos e baixos, que é normalmente um fenômeno saudável para os mercados de ações.

No mês de março de 2018, a Forbes publicou um artigo sobre como os millennials têm habilidades para economizar, mas não são tão bons ao investir.

“A balança, junho de 2018 – https://thebalance.com/stock-market-returns-by-year-2388543 – indica que os retornos do mercado de ações por ano.”

Vai gostar:   Os subempréstimos de pensão do Estado alcançaram um recorde em 2022/23.

Muitos millennials podem encontrar dificuldades financeiras. Embora aqueles na mídia possam acusá-los de preguiça ou de não ter suas prioridades em linha reta quando se trata de gestão de dinheiro, isso ignora a realidade mais complicada. Estes jovens adultos têm mais dificuldade do que as gerações anteriores para encontrar um emprego estável e bem remunerado, além disso, os salários são baixos e estagnados, enquanto o preço de muitos itens aumenta (inflação). É estimado que as rendas domésticas dos millennials em seus 30 anos são 4-5% menores do que as dos membros da geração anterior em suas trintas.

A Fundação Resolução anunciou em fevereiro de 2018 que os ganhos de renda dos milenares haviam se estagnado em economias avançadas, mas o Reino Unido se destacava por suas normas de vida e pela bolha e quebra de habitação.

Muitos millennials podem achar que investir é muito complicado. Eles podem não querer experimentar o universo de investimentos, porque acreditam que é muito complicado e fora de seus meios. Alguns jovens também podem acreditar que investir é apenas para pessoas ricas e eles podem não saber que você pode contratar alguém para fazê-lo por você. Contudo, graças aos serviços de investimento on-line, não é necessário ter conhecimento ou experiência para começar a investir, pois tudo, do escolher um investimento a gerenciar um portfólio, pode ser feito para você por pessoas especializadas.

Os gráficos mostrados neste website são derivados dos resultados do passado, e não são uma garantia de sucesso no futuro.

Por gentileza, tenha em mente que o preço dos seus investimentos pode variar, podendo diminuir ou aumentar, e você pode receber menos do que investiu.

Vai gostar:   Tática Investir: Um Manual Integrado para Investidores