O que é necessário entender sobre a Corrida do Pai Natal?

No mundo dos investimentos, a época natalina significa geralmente oportunidades e progresso. Na verdade, o dia de Natal geralmente é acompanhado pelo aumento dos mercados de ações – este fenômeno é conhecido como “a corrida do Papai Noel”. Mas é realmente assim? O Natal é a melhor época do ano para os investidores?

O termo “Roma do Papai Noel” é usado para descrever um aumento sólido nos preços das ações durante o período de festas. Geralmente, os preços das ações aumentam na última semana de dezembro até os primeiros dias de negociação de janeiro. Dados mostram que os mercados têm se beneficiado de um impulso festivo em 34 dos últimos 45 anos1. Desde 1987, os mercados globais têm visto ações subindo 78,1% do tempo em dezembro, com média de aumento de 1,7%2.

Durante o Natal, os preços de ações tendem a subir? Embora esteja certo dizer que os mercados de ações são mais propensos a crescer em dezembro, é importante lembrar que nem sempre é assim. Por exemplo, em 2018, os mercados de ações não subiram, pelo contrário, eles caíram 7,2% em dezembro. Embora o rali do Papai Noel ocorra de tempos em tempos, é importante lembrar que os mercados podem ser imprevisíveis e não é certo esperar que os preços aumentem a cada dezembro.

Existem inúmeras razões que podem explicar a manifestação do Papai Noel. Uma hipótese diz respeito à psicologia do investidor: sugere-se que as férias estimulem os investidores a adotar um bom humor, o que os leva a realizar mais compras do que vendas. Quem saberia que o espírito de Natal pode influenciar as decisões de investimento? Outra possível explicação é que os gestores de investimento podem estar reorganizando suas carteiras antes do recesso.

Vai gostar:   Você quer possuir mais riqueza? Compreender os princípios da acumulação de bens é o primeiro passo.

O principal risco associado à manifestação do Papai Noel é que ele pode fornecer aos investidores uma falsa sensação de segurança em dezembro, levando-os a fazer compras sem realmente examinar as informações do mercado. Em outras palavras, o alvoroço do Papai Noel pode persuadir os investidores a adotar decisões de investimento irrefletidas, o que pode ter consequências graves. Se todos comprarem durante o Natal sem uma base racional, isso poderia levar a uma bolha que está à beira de estourar.

Outro risco com o rali de Natal é concentrar-se no curto prazo. Investir deve ser abordado com uma perspectiva de longo prazo. É ótimo ganhar lucros em dezembro, mas como estará em 10, 20 ou 30 anos? É importante pensar no longo prazo e considerar o quadro geral. O que acontecer no Natal do ano que vem pode não ser tão relevante ao longo dos anos. É tudo sobre a visão, e como investidor, você precisa usar os óculos certos. Na Wealthify, asseguramos que olhamos para frente quando escolhemos os seus investimentos e construímos o seu portfólio, porque acreditamos que investir é uma maratona, não uma corrida.

A fundamentação de um trabalho sério exige que se façam referências.

O mercado de ações alcançou novos patamares históricos ao longo do ano de 2019, culminando com o tradicional Santo Claus Rally.

Durante os últimos 40 anos, o mercado de ações dos Estados Unidos tem mostrado um aumento no mês de dezembro, referido como o efeito Santa Rally.

De acordo com os dados da Bloomberg, a economia brasileira apresentou um crescimento de 0,2% no primeiro trimestre deste ano.

O comportamento anterior não é uma garantia consistente de resultados futuros.

Vai gostar:   Uma forma de economizar dinheiro e o meio ambiente é reduzindo o desperdício de água

O imposto que se aplica à sua situação pessoal pode variar e mudar no futuro.

Por gentileza, esteja ciente de que o montante de seus investimentos pode diminuir, além de aumentar, e você pode ter um retorno menor do que aquele que empregou.