Investidores experientes dão mais importância ao ESG do que investidores iniciantes.

Os investidores experientes tendem a associar mais os benefícios de desempenho aos fatores ESG em comparação com os iniciantes, porém também dão mais importância ao investimento sustentável por causa de seus benefícios ambientais e sociais.

De acordo com um relatório divulgado na terça-feira pela Schroders, que realizou uma pesquisa com mais de 23.000 pessoas em todo o mundo no início deste ano.

Mais de dois terços dos especialistas em investimentos avançados afirmaram que a rentabilidade a longo prazo só pode ser garantida por meio do investimento sustentável. Em contraste, 52% dos investidores de nível intermediário e 43% dos iniciantes compartilharam dessa opinião. Os investidores experientes também mostraram maior concordância (69%) em relação ao potencial do investimento em impulsionar o progresso em questões de sustentabilidade, como a mudança climática, em comparação com os investidores de níveis intermediário (57%) e iniciantes (49%). Essas conclusões foram apresentadas pela Schroders.

Nos últimos anos, tem havido um aumento na preferência das pessoas por investimentos sustentáveis devido a preocupações ambientais e sociais, em vez de focarem apenas nos retornos financeiros. De acordo com a empresa, 52% dos investidores interessados nesses fundos destacaram a importância do impacto ambiental, um aumento de 47% em relação a 2020. Além disso, 43% mencionaram a importância de princípios sociais, comparado a 32% dois anos atrás. Por outro lado, a porcentagem de pessoas que priorizam retornos mais altos como principal motivo para investir diminuiu de 42% para 36%.

De acordo com Schroders, a principal motivação para as pessoas investirem mais em fundos sustentáveis é a possibilidade de escolher fundos alinhados com suas preferências em relação a questões de ESG, sendo essa a razão apontada por 57% dos entrevistados. Além disso, outros fatores importantes incluem maior educação sobre investimento sustentável em geral, citado por 48% das pessoas, e dados que demonstram retornos mais altos associados a esses fundos, mencionados por 44% dos entrevistados.

Vai gostar:   Descubra como adquirir Uniswap (UNI).

Segundo Hannah Simon, diretora de estratégia de sustentabilidade da empresa, a relação entre sustentabilidade e lucratividade tem gerado opiniões divergentes neste ano. Embora investidores novatos autoproclamados se mostrem mais céticos, a maioria das pessoas acredita que a sustentabilidade é essencial para obter retornos ao longo prazo.

No começo deste ano, a Schroders divulgou resultados de uma pesquisa realizada com investidores de planos de aposentadoria, os quais indicaram que 74% estariam dispostos a aumentar suas contribuições se tivessem acesso a fundos sustentáveis.

Esta narrativa foi inicialmente divulgada no ESG Clarity.