Devo guardar ou aplicar meu dinheiro?

Não é possível discordar que poupar e aplicar são fundamentais para formar o seu destino econômico.

No entanto, apesar de serem ambos modos de aumentar a sua fortuna, eles são efetivamente desiguais – o que significa que as vantagens e desvantagens valem a pena conhecer. E qual estratégia você selecionar para acrecentar o seu dinheiro depende de uma variedade de circunstâncias.

Qual é a distinção entre guardar e aplicar o dinheiro?

Poupar é o processo de colocar de lado recursos para poderem ser usados futuramente, seja para viagens, um novo veículo, ou algo tão importante como mudar-se ou adquirir a sua primeira residência.

Normalmente, quando o seu dinheiro é colocado em uma conta de poupança de um banco ou de uma sociedade de crédito, eles o emprestam para outros clientes. Em troca, não só você possui a garantia de obter o montante que você poupou, mas também recebe alguns juros a partir disso.

Com o investimento, não há nenhuma garantia de que você vai recuperar o que colocou. Ao comprar ativos (como ações e títulos) a um determinado preço, espera-se que eles valorizem com o passar do tempo, como quando se compra uma casa.

Se você investir, então você pode ganhar um lucro quando vender. Por outro lado, se os seus investimentos caírem, você receberá menos do que você investiu. Embora não seja garantido, investir pode oferecer uma maior oportunidade de crescimento a longo prazo, pois seus retornos não estão ligados às taxas de juros fixas, como são os depósitos bancários.

A questão crucial a ser considerada aqui é “longo prazo”, o que caracteriza um investimento é geralmente algo que se faz por um período mais longo, pois isso dará a você uma chance de evitar as oscilações do mercado.

Muitas pessoas imaginam que precisa ser um conhecedor em finanças para investir, o que não é verdade. Plataformas como Wealthify farão todo o trabalho de investimento para você e oferecerão uma variedade de opções, como ações, ISAs (Individual Savings Accounts) e planos de investimento éticos. Mais detalhes sobre isso você terá posteriormente.

Vai gostar:   As ganâncias prováveis da Pfizer no primeiro trimestre caíram quase pela metade em comparação com o ano anterior.

Por que deveria ser salvo?

Existem variados motivos para guardar dinheiro, como para adquirir produtos específicos e ter uma reserva para casos de urgência.

Se você perder seu emprego e não tiver certeza quando receberá seu salário seguinte, ou a sua máquina de lavar parar de funcionar e necessitar de substituição, você certamente se sentirá aliviado ao saber que existe um pote de dinheiro que pode usar para cobrir esta despesa não planeada. Contudo, há poucas pessoas que economizam para momentos como estes.

Na realidade, para o ano de 2023, quase um quarto dos adultos residentes no Reino Unido não terão qualquer tipo de reserva para dias de chuva.

Não ter poupanças pode ser estressante e limitar seus planos futuros. Logo, se for possível, considere economizar algumas economias.

Quando é uma boa hora para considerar investir?

Se você está se planejando para o futuro, como a sua aposentadoria, ou tem crianças pequenas e deseja montar um fundo de reserva para elas usarem quando ficarem mais velhas, então investir pode ser uma alternativa melhor a se considerar do que colocar seu dinheiro em uma conta de poupança.

Apesar de assegurado de recuperar o que investiu na economia, a inflação poderá corroer o valor da sua moeda ao longo do tempo. A menos que os juros recebidos sejam inferiores à taxa de inflação, ela será menos valiosa ao cabo de um ano.

Digamos que você tem recursos guardados em uma conta, que rendem 1% de juros, enquanto a inflação corre a 2%. Após 12 meses, o seu capital terá crescido 1%, mas ao recuperá-lo notará que perdeu poder de compra, pois os preços dos bens aumentaram mais rapidamente do que suas finanças.

Se você estiver buscando prosperar economicamente a longo prazo e desejar obter retornos com possibilidade de aumento acima da inflação em seu dinheiro, pode ser vantajoso voltar-se para outras alternativas, como investir.

Por que ponderar aplicar meus recursos?

Com o investimento, seus retornos não estão vinculados a nenhuma taxa de juros e, ao invés disso, sua remuneração depende do quanto o seu investimento está valendo quando decidir vender.

Isso implica duas possibilidades. Uma é que poderá recuperar menos do que havia investido, enquanto a outra é que pode obter um rendimento maior a longo prazo, dependendo do desempenho dos mercados.

Vai gostar:   Por que haveria muitas pessoas com receio de colocar seu dinheiro no mercado acionário?

Apesar disso, muitas pessoas ainda acham que investir é muito perigoso. No entanto, afirmar que não há nenhum perigo quando se trata de investir é incorreto, pois o risco de investimento pode ser facilmente misinterpretado.

Ao ter acesso a um estoque e partilhar ISA (onde pode investir até 20.000 libras por ano sem pagar impostos sobre os seus rendimentos), ou uma conta de investimento geral (para investir fora do seu limite ISA), o valor dos seus investimentos irá variar. O que é perfeitamente aceitável.

Ao investir por um período de tempo considerável, você pode proteger seu capital de mudanças repentinas no mercado. Por exemplo, os números indicam que quem permaneceu investido no Índice FTSE 100 por 10 anos entre 1984 e 2021 teve uma probabilidade de 87% de obter um rendimento positivo. Isso significa que o seu dinheiro terá mais tempo para crescer e prosperar, mesmo em tempos de incerteza.

Estou preparado para aplicar o meu dinheiro?

Se você está pensando em investir, porém não tem certeza se este é o momento adequado, complete o questionário a seguir para ter uma melhor noção de se você está preparado.

Passe por cada questão, anotando se as suas respostas foram A, B ou C. Ao final, some seus resultados e veja qual a alternativa saiu com maior frequência e o que isso pode significar para você.

  1. A. Não sou um salvador, pois não tenho dinheiro para isso. B. Sou um protecionista deficiente, pois só guardo dinheiro quando me lembro. No entanto, sou bom em economizar e tenho o hábito de economizar dinheiro com regularidade.
  1. A. Solicitar um empréstimo a parentes ou conhecidos. B. Utilizar todos os meus fundos de poupança, não me deixando com nada. Utilizar o dinheiro do fundo de chuva, pois há o suficiente para cobrir o custo.
  1. A. Meu foco financeiro principal para este ano é quitar meus empréstimos e dívidas B. Estou reservando dinheiro para algo específico, como um novo carro C. Estou começando a poupar para o futuro dos meus filhos
  1. R. Como eu lido com minhas finanças? Eu não tenho um plano pré-estabelecido – eu simplesmente faço o que é necessário a cada dia. Embora eu tenha feito um orçamento, eu não me mantenho nele o tempo todo. Eu me asseguro de que tenho uma reserva de dinheiro para quando eu precisar.
  1. A. Eu sou um grande entusiasta das compras e acabo gastando mais do que eu deveria. B. Eu tento me conter, mas nem sempre consigo resistir à tentação de comprar por impulso. Eu só gasto o que sobrou depois de guardar algum dinheiro, e muitas vezes em necessidades básicas.
Vai gostar:   O resultado da recuperação de investimento foi muito melhor do que o previsto.

Qual número você selecionou com maior frequência?

Principalmente, parece que você está lutando com suas finanças, e investir talvez não seja o seu foco principal. O que você deveria fazer primeiro é tentar endireitar suas finanças. Comece por verificar suas despesas e elaborar um orçamento, para que possa reduzir seus gastos. Além disso, certifique-se de reservar dinheiro – lembre-se que nem precisa ser grandes quantias de cada vez, colocar pequenas somas de lado regularmente pode ajudá-lo a alcançar um futuro financeiro saudável.

Principalmente Bs: Está no caminho certo, porém ainda não está totalmente preparado para começar a investir. Compreende a importância da economia e está tentando guardar o máximo de dinheiro. Mas, ainda existem práticas ruins que precisam ser abandonadas. Certifique-se de persistir nos seus esforços e encontrar modos de aumentar o seu dinheiro.

Se você está satisfeito com o seu estado financeiro e está disposto a assumir algum risco, então comprar uma ISA de ações e ações pode ser uma boa opção. No entanto, antes de tomar qualquer decisão, é importante perguntar a si mesmo: quais são meus objetivos de investimento? Por quanto tempo pretendo manter meus investimentos? Quanto eu posso investir? Com qual nível de risco eu me sinto confortável? Devo fazer isso sozinho ou precisarei de ajuda?

A tributação depende das suas particulares circunstâncias e pode variar no decorrer do tempo.

Por gentileza, tome nota de que o preço de seus investimentos pode diminuir, assim como aumentar, e você pode recuperar menos do que o que colocou.

Referências são essenciais para a produção de um trabalho confiável e bem fundamentado.

  1. Conforme dados de poupança, a maioria das pessoas possuem menos de 20% de seus rendimentos armazenados.
  2. De acordo com informações da Bloomberg, a economia do Brasil expandiu 0,2% no primeiro trimestre do ano.