A MicroStrategy investiu mais US$ 347 milhões em Bitcoin, elevando seu total de investimento para mais de US$ 4,5 bilhões.

Imagem: JonPauling/Flickr

Michael Saylor da MicroStrategy acrescentou mais 12.333 Bitcoin ao seu portfólio nos últimos dois meses.

Segundo um relatório da companhia MicroStrategy, ela e suas empresas filiais adquiriram o ativo entre os dias 29 de abril e 27 de junho, desembolsando cerca de US$ 347 milhões em dinheiro, a um custo médio de aproximadamente US$ 28,136 por Bitcoin.

A empresa de inteligência empresarial conseguiu comprar Bitcoin por um custo menor do que o preço de mercado no momento, de US$ 30K. Juntas, a empresa e suas subsidiárias possuem um total de 152.333 Bitcoin, que equivale a cerca de US$ 4,52 bilhões.

A empresa colocou à venda cerca de US$ 500 milhões em ações, a fim de financiarem mais aquisições de criptomoeda em setembro, de acordo com um arquivo no órgão regulador de valores mobiliários.

A aquisição mais recente significa que a MicroStrategy fez a maior compra deste ano, que ultrapassou suas anteriores aquisições realizadas no mês de março e abril, somando um total de 7.500 BTC ao custo de US$ 179,3 milhões.

MicroStrategy tem adquirido Bitcoin periodicamente e conseguiu manter-se forte mesmo durante a desaceleração criptográfica que abalou os preços do BTC e outras moedas criptográficas no ano passado.

Embora o ambiente do mercado ainda esteja melhorando e o Bitcoin esteja se esforçando para ultrapassar a cifra de US$ 30 mil, Michael Saylor acredita que a criptomoeda seja uma fonte convicente de valor.

Previsões de Valor do BTC Após a Aquisição da MicroStrategy

Os preços do Bitcoin subiram mais de 20% desde que empresas financeiras como BlackRock apresentaram seus pedidos para ETFs de Bitcoin neste mês. Além disso, os produtos de investimento Bitcoin registraram fluxos de US$ 187 milhões durante a última semana, segundo dados da CoinShares.

Vai gostar:   Você deveria estar auxiliando o seu filho a adquirir uma residência?

Enquanto isso, os peritos em criptomoedas têm reações variadas. Um utilizador do Twitter previu a movimentação dos preços do Bitcoin, sugerindo um andamento ‘bullish’. O tweet constatou que, levando-se em conta os índices M1, o Bitcoin poderia possivelmente recuperar a marca dos US$ 60k.

Um usuário mais adiantou que o BTC poderá sofrer uma queda depois da aquisição da MicroStrategy. Apesar da grande quantia de dinheiro aplicada, o ativo digital já foi afetado por oscilações nos preços, mesmo com investimentos institucionais significativos.

Desde então, o custo do BTC não se mostrou muito sensível às informações e parece estar se movendo em uma direção de queda. Bitcoin está sendo negociado por cerca de US$ 30,41 no momento da publicação, com uma redução de mais de 1,5% no período de 24 horas.