A Bolsa de Valores de Amsterdã inaugurou um fundo de ações de Bitcoin.

O ETF de Equity Bitcoin permitiria que os investidores holandeses tivessem acesso a ações relacionadas ao Bitcoin por meio de sua exposição singular a essas organizações.

Ao redor do globo, ETFs de Bitcoin surgiram em vários locais, com a primeira aparição do ETF Spot Blackrock nos Estados Unidos. Agora, os Países Baixos seguem sua liderança com um ETF de ações de Bitcoin, disponível para negociação na Euronext Amsterdam.

O ETF de Bitcoin Equity concederia aos investidores holandeses a oportunidade de acompanhar um grupo de ações de empresas ligadas a Bitcoin. Esta será uma nova experiência para os holandeses.

A Melanion Capital desenvolveu o Bitcoin Equities ETF, que monitora o Índice de Exposição ao Bitcoin da Melanion. Este índice consiste em ações de empresas da Europa e da América que refletem o valor e os deslocamentos do mercado da criptomoeda BTC.

O mercado holandês manifestou uma grande curiosidade a respeito dos ativos digitais, e estamos contentes de proporcionar uma forma para que eles acedam a esta emocionante chance de investimento em um contexto normativo, afirmou Jad Comair, CEO da Melanion Capital. Ele também sustentou que o ETF representaria uma nova forma de garantir que os investidores do país façam aplicações no ecossistema Bitcoin de modo tranparente e dentro das leis.

A ETF está sujeita às Normas para Investimento Coletivo em Valores Mobiliários (UCITS) da Comissão Europeia para cumprir. O órgão regulador UCITS é responsável por todas as empresas que se inscrevem e oferecem produtos ao mercado ao longo da União Europeia.

O Índice Melanion de Exposição ao Bitcoin tem a MicroStrategy como uma das empresas que possuem grandes investimentos em Bitcoin. Diversas outras companhias que têm ligação com o Bitcoin também estão inclusas neste índice.

Vai gostar:   Ordene: Algo mais do que apenas um NFT Bitcoin.