Devo alienar os meus RSUs quando eles forem adquiridos?

RSUs são uma forma comumente usada de recompensar os profissionais por sua contribuição para a empresa. Estes são comuns em empresas de tecnologia, incluindo as FAANG e outras startups de rápido crescimento. Estas unidades de estoque restrito significam que a empresa se compromete a fornecer ações aos funcionários após um determinado período de aquisição.

Contents

Os funcionários podem se beneficiar de RSUs, que podem ser oferecidos na forma de opções de ações, planos de compra de ações de funcionários (ESPP) ou bolsas RSU. Quando eles recebem esses direitos, eles ganham ações da empresa, geralmente como parte de um IPO ou outras oportunidades de valorização das ações.

Entender o valor de mercado adequado da sua remuneração em ações e a quantia das ações é crucial para maximizar a sua geração de riqueza. É importante tomar decisões conscientes sobre se vender ou manter RSUs quando eles se tornam adquiríveis.

Este artigo abordará os elementos a serem levados em conta ao decidir se desfazer dos RSUs quando eles forem liquidados, alternativas estratégicas para administrar os RSUs e como utilizar a Kubera para maximizar a gestão dos RSUs.

Quatro elementos a analisar quando escolher vender RSUs.

Implicações tributárias e encargos de remuneração associados

Um dos fatores cruciais para levar em consideração ao decidir se vender os RSUs é o quanto isso afetará sua responsabilidade fiscal geral. Compreender os impactos fiscais pode ajudar a gerenciar sua contribuição de impostos.

  1. Quando você recebe RSUs, o preço de mercado justo das ações são considerados como seu rendimento ordinário para propósitos fiscais. Seu empregador provavelmente vai deduzir impostos na aquisição. É importante compreender as implicações fiscais para que você possa administrar seu imposto e apresentar seu retorno de imposto.
  2. Se você mantiver seus RSUs por um período maior que um ano, os ganhos de capital obtidos serão tributados com base nos ganhos de capital a longo prazo, o que geralmente é mais benéfico do que os ganhos de capital a curto prazo. Se os seus RSUs forem vendidos logo após a compra, as receitas obtidas serão tributadas com base nos ganhos de capital de curto prazo, o que geralmente é menos favorável.
  3. Para obter o melhor resultado fiscal, considere trabalhar com um profissional fiscal que possa auxiliá-lo a traçar uma estratégia personalizada para lidar com seus RSUs e outras formas de compensação de patrimônio.
Vai gostar:   Inflação e aposentadoria: como se preparar para o futuro?

Percebendo a importância da diversificação de investimentos e da gestão de carteiras, é necessário fazer uma análise cuidadosa das opções de investimento e gerenciar adequadamente a carteira de investimentos.

Outra coisa a ponderar ao se decidir se vender os RSUs é a necessidade de manter um leque variado de investimentos.

  1. Riscos de possuir uma grande quantidade de ações da empresa: Possuir uma parte considerável de seu capital em ações da sua empresa pode resultar em grandes perdas se ela não atingir o desempenho esperado ou sofrer problemas financeiros.
  2. Equilibrar sua carteira de investimentos com outros ativos (por exemplo, ETFs, fundos mútuos): Para reduzir o risco, considere vender alguns ou todos os seus RSUs adquiridos e reinvestir os lucros em uma carteira mais diversificada de ativos, como ETFs, fundos mútuos ou outros tipos de ações.
  3. A diversificação de um portfólio financeiro pode ser benéfica para o seu patrimônio, pois ele pode auxiliar na proteção de suas economias das variações de preços do mercado e melhorar os lucros de investimento no futuro.

3. Metas financeiras e condições particulares

Suas metas de dinheiro pessoais e situação pessoal devem ser considerados ao determinar se deve vender ou guardar seus RSUs.

  1. Examine suas necessidades financeiras de curto prazo, como um fundo de emergência ou custos futuros, ao determinar se vender seus RSUs. Se você precisar de dinheiro imediatamente, vender suas ações pode ser a melhor opção.
  2. Revisão:Ao considerar os objetivos financeiros de longo prazo, como a aposentadoria ou a acumulação de riqueza, avaliar seus planos de reforma a longo prazo é importante. Manter suas RSUs por um período mais longo pode resultar em melhores retornos, desde que a empresa esteja bem-sucedida.

4. Tendências do mercado, performance da empresa e valor das ações

Levando em conta o cenário do mercado e a evolução das ações da sua organização, isso pode contribuir para o auxílio na tomada de decisão de vender ou guardar os RSUs.

Imagem: timmossholder/FreeImages
  1. Observe as tendências do mercado de ações e as perspectivas de desenvolvimento da sua empresa para tomar decisões informadas sobre seus RSUs adquiridos. Investigue o panorama geral do mercado, as tendências setoriais e o potencial de expandir a sua empresa. Se se espera que a organização tenha um crescimento significativo, a manutenção das suas ações pode ser vantajosa.
  2. Timing a venda de RSU com base no preço de mercado e volatilidade: A volatilidade do mercado pode ter um impacto sobre o valor de seus RSUs. Seja criterioso na hora de vender, escolha o momento certo quando o preço da ação estiver favorável. Porém, tenha cuidado com as oscilações a curto prazo que podem influenciar a sua decisão. Se você acha que o estoque da sua empresa vai se valorizar, manter seus RSUs pode ser a melhor escolha. Por outro lado, se você prever uma queda no preço das ações, vendê-las logo após a compra pode ser a melhor opção.

Alternativas estratégias para lidar com RSUs são necessárias.

Manter posse das ações da companhia na bolsa de valores.

  1. Você pode lucrar com o crescimento a longo prazo e os ganhos de capital se conservar as suas RSUs adquiridas. Se o preço das ações da sua empresa continuar a aumentar, você terá a oportunidade de obter benefícios.
  2. Fique atento ao preço das ações e ao desempenho da sua companhia para tomar decisões informadas sobre quando vendê-las e assim obter os melhores benefícios possíveis dos seus RSUs.
Vai gostar:   Compartilhe seu ISA com seus

Aplicação de um programa de distribuição escalonada.

  1. Em lugar de vender todas as suas acções RSUs adquiridas de uma vez, considere adotar um plano de venda incremental, que inclui o desmantelamento destas acções ao longo de um determinado período. Esta estratégia pode ajudar a minimizar os riscos e gerir as obrigações fiscais.
  2. Diminuindo os perigos e cuidando de responsabilidades tributárias e impostos extra: Ao divulgar RSUs gradualmente, você tem a hipótese de se aproveitar de taxas fiscais mais benéficas a longo prazo e gerenciar melhor a sua obrigação fiscal global.
  3. Um planejamento de venda aos poucos pode ser coordenado com seu cronograma de aquisição, permitindo que você comercialize uma parte de suas RSUs à medida que elas acumulam, assegurando um fluxo de caixa mais previsível e diminuindo o risco de acumulação.

Algumas recomendações extras para lidar com RSUs incluem:

Familiarize-se com a terminologia de ações restritas e opções de ações correlatas.

Existem muitas maneiras distintas em que as organizações recompensam seus colaboradores com fundos de capital.

As opções de estoque de funcionários 7 dão aos trabalhadores o direito de adquirir um número predeterminado de ações da empresa a um preço fixo. Por outro lado, as Opções de Ações de Incentivo (ISOs) 8 são um tipo de opção de estoque de empregados que oferecem incentivos fiscais se as condições apropriadas forem satisfeitas. As Unidades de Estoque Restritas (RSUs) 9 constituem uma promessa de entregar ações de uma empresa aos empregados ou o equivalente em dinheiro, desde que os critérios de aquisição sejam cumpridos, sem que seja necessário que o funcionário pague um preço de exercício.

A data de concessão 10 indica quando a empresa lhe concede suas RSUs ou opções de ações, e o horário de compra 11 determina a partir de quando você tem a chance de exercer suas opções ou receber seus RSUs. É fundamental conhecer o seu horário de compra, pois ele estabelece quando você pode fazer algo sobre a sua remuneração de acionistas.

A data de vencimento se refere ao último dia em que você pode fazer uso de suas ações antes que elas se tornem inúteis. É vital ter consciência desse momento, seja se você decidir permanecer ou sair da empresa. Se um trabalhador sair da empresa antes de adquirir ou usufruir das ações, ele poderá perder o direito a elas.

Portanto, compreendendo as diretrizes e as restrições ligadas a suas opções de ações, você pode obter o melhor retorno da sua remuneração em capital, seja ficando na organização ou indo adiante.

Mantenha-se ao corrente sobre notícias da companhia e seu desempenho financeiro.

Fique atualizado sobre a situação financeira da sua companhia, as últimas novidades do setor e qualquer informação que possa influenciar o valor das ações. Esta compreensão o ajudará a tomar decisões informadas a respeito de seus RSUs.

Fique de olho nas mudanças de regras.

Fique informado sobre quaisquer alterações nas leis ou regulamentos tributários que possam afetar os RSUs. Para ter uma melhor compreensão do impacto da sua remuneração de capital, procure ajuda de um especialista fiscal.

Participe de Planos de Compra de Ações de Funcionários (ESPPs).

Os programas de aquisição de ações dos empregados proporcionam uma chance de conseguir ações da companhia com um desconto, com deduções da folha de pagamento. Participando em um plano de compra de ações, você pode acumular partes da empresa e aumentar sua riqueza ao longo dos anos.

Vai gostar:   Um estudo recente da União Europeia indica que os ativos criptográficos deveriam ser tratados como garantias

5. Entender os diversos tipos de remuneração de capital

Aprenda os diferentes métodos de remuneração de patrimônio, como opções de ações, direitos de apreciação de ações, ações de desempenho e ações restritas. Compreender como funcionam essas formas de remuneração de ações pode ajudá-lo a administrar sua propriedade de maneira mais eficaz.

Tenha uma visão de futuro.

A indenização por incapacidade é projetada para remunerar empregados que trabalham há muito tempo e para alinhar seus objetivos com o progresso da empresa. Ao administrar os seus RSUs, considere uma perspectiva de longo prazo e avalie a capacidade de crescimento e gerar riqueza ao longo do tempo.

Ao empregar o Kubera para administrar o RSU, as companhias podem maximizar o seu uso dos recursos de maneira mais produtiva.

Kubera is the best portfolio tracker for widely diversified investors
Imagem: GernotBra/ShutterStock

Kubera pode ser muito útil para melhorar a sua abordagem de administração de RSU. Ao reunir todos os seus bens, incluindo RSUs e outras aplicações, em uma única tela, isso possibilita acompanhar e gerenciar facilmente toda a sua riqueza e sua carteira de investimentos.

Kubera pode auxiliar na conexão com suas contas de corretagem e acompanhar a diversificação de seu portfólio de investimentos, a fim de manter uma mistura equilibrada de ativos. Além disso, suas ferramentas de relatórios poderosas podem auxiliar na avaliação do impacto potencial de vender ou preservar seus RSUs e de seus objetivos de planejamento financeiro no valor líquido global.

Com a Calculadora de Investimentos da Kubera, você pode verificar a Taxa Interna de Retorno de todas as suas participações, sejam elas RSUs ou outros ativos de rastreamento. Utilize nossa Calculadora IRR para obter esses resultados em sua moeda preferida!

Se você deseja ter domínio sobre seus RSUs e obter êxito financeiro, cadastre-se na Kubera hoje e comece a monitorar todos os seus bens em uma única interface.

No término desta atividade, chegamos à conclusão de que a tecnologia desempenha um papel fundamental na área educacional, pois ela possibilita aos estudantes ter acesso a informações de forma mais atrativa e participativa. Além disso, a tecnologia também facilita que os docentes possam acompanhar o progresso dos seus alunos e implementar estratégias mais eficazes de ensino.

Ao ponderar se vender seus RSUs quando vencidos, avalie elementos como consequências tributárias, diversificação de investimentos, metas pessoais relacionadas a finanças e situação do mercado. Estes fatores podem contribuir para que você tome decisões conscientes, que se harmonizem com seu planejamento financeiro global.

Contate um consultor financeiro, Certified Financial Planner (CFP) ou profissional de gestão de riqueza para obter orientação adaptada às suas circunstâncias individuais. Estes especialistas podem orientá-lo a navegar pelas complexidades da gestão de RSU e criar uma estratégia que se encaixe em seus objetivos e necessidades específicas.

No final das contas, a escolha de negociar ou manter os RSUs deve ser feita com base nas suas metas e circunstâncias financeiras pessoais, considerando fatores como as implicações fiscais, o tempo de aquisição e obrigações fiscais federais. Ao analisar esses elementos com meticulosidade e buscar aconselhamento profissional, você pode tomar decisões informadas que auxiliem no seu progresso financeiro a longo prazo.