5 fatos que você deve entender sobre Fintech

Recordas-te de quando os telefones apenas eram usados para efetuar chamadas? Agora, eles podem ser usados para pagar contas, investir dinheiro, jogar jogos, passar fome, e até mesmo reservar voos. Esta conjugação de tecnologia e finanças é designada por FinTech e abarca bancos on-line, aplicações inteligentes, e aplicações de investimento para dividir contas de restaurante. Aqui está o que necessitas saber.

As empresas FinTech estão desafiando as instituições financeiras existentes, fornecendo serviços e produtos 24 horas por dia, 7 dias por semana, em qualquer dispositivo digital. Isso está obrigando essas instituições a se manter atualizadas e fornecer soluções on-line e digitais para os clientes, mesmo que seja difícil para as grandes empresas estabelecidas serem ágeis.

Desde a década de 1950, a tecnologia vem transformando os serviços financeiros. No início da década de 1950, os cartões de crédito foram introduzidos no lugar do dinheiro, tornando-o mais fácil de usar. Ao final da década de 1960, os caixas eletrônicos apareceram nas ruas, dando a todos acesso a levantamentos de dinheiro. Na década de 1980, o Bank of Scotland lançou os primeiros serviços bancários online no Reino Unido chamados Homelink. Desde a década de 1990, com a disseminação da Internet, os serviços financeiros estão cada vez mais disponíveis on-line e através de aplicações móveis, revelando que a FinTech não é algo novo.

Imagem: astrovariable/PixaBay

Existem muitas diferentes aplicações da FinTech. Esta inovação não se limita a simplesmente verificar a sua conta bancária on-line e inclui uma grande variedade de serviços. Novas empresas estão surgindo quase todos os dias com novas formas de facilitar a gestão financeira. Algumas empresas FinTech possibilitam a compra de seguros sem sair de casa, enquanto outras oferecem serviços bancários on-line e ferramentas de orçamento. A tecnologia também é usada para simplificar o investimento, permitindo que as pessoas criem um portfólio de investimentos gerenciados com poucos cliques.

Vai gostar:   Por que é benéfico para as mulheres considerarem a possibilidade de investir em ações?

As FinTechs estão comprometidas em democratizar os serviços financeiros, tornando-os acessíveis a todos. Por exemplo, plataformas de investimento robótico oferecem a possibilidade de começar a investir a partir de £1, sem necessidade de ter alto patrimônio ou experiência prévia. Os especialistas se encarregam de selecionar os investimentos e monitorar o portfólio, enquanto o usuário decide o montante a investir e o nível de risco aceitável. Além disso, a tecnologia permite que esses serviços se mantenham baratos, o que se reflete em taxas reduzidas para os clientes.

Desde 2014, o financiamento para o setor global de FinTech aumentou quase duas vezes, chegando a US$38,9 bilhões1 em 2017, demonstrando o papel cada vez mais importante que a FinTech desempenha nos mercados financeiros. No Reino Unido, as empresas relacionadas à FinTech acumularam um estimado de £1,29 bilhões2 em financiamento em 2017, tornando-se um dos setores de negócios mais proeminentes do país. O governo, inclusive indicando o nosso co-fundador e CEO Richard Theo, designou representantes regionais para promover o desenvolvimento da indústria de FinTech no Reino Unido e criar o ambiente ideal para ajudar as pequenas empresas e as empresas FinTech a prosperar. Além disso, as corporações financeiras

De acordo com Fintech Global, em janeiro de 2018, a investimento global em Fintech quase dobrou desde 2014.

Um aumento de 150% nas investimentos em tecnologia financeira (fintech) no Reino Unido foi relatado em fevereiro de 2018 pelo Business Insider.

Por gentileza, tenha em mente que o preço dos seus aportes financeiros pode diminuir, bem como aumentar, e você pode recuperar um montante menor do que colocou.